ganhe pontos, vire um especialista!
Publicidade

Pontuação

Entenda como funciona a pontuação
  • Início 100 pontos
  • Perguntar -5 pontos
  • Responder 5 pontos
  • Boa Resposta 7 pontos

Leis sobre a conduta, direito e deveres do sindico. Ate onde ele tem poder!

Por: Newton Cesar Nonato Batista

Olá,
o condomínio em que resido esta passado por uma grade turbulência e estou precisando apoio dos mas esclarecidos. O condomínio não tem a convenção nos parâmetros atualizados,quando foi construído nos anos 80, não existia a obrigação legal de registra-la, era somente um documento e cartório de imoveis.
Hoje estamos com sérios problemas, o sindico anterior autorizou a ampliação de duas casas com dimensões acima das já feitas anteriormente, antes tínhamos um parâmetro de 1 metro e meio para a área externa das casas, más estas duas residencias receberam " não sei como autorização de construção que ultrapassa os 3 metros" .
o que preciso é uma luz com relação a ate que ponto o sindico tem autonomia de ceder a área comum do condomínio? como pode ser punido judicialmente por tal ação? e aonde este escrito no código civil a responsabilidade!

659 dias atrás
Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.

Respostas (6)

  • Kleber Gonçalves de Almeida respondeu há 659 dias atrás

    Bom dia prezado,

    Diz o novo código civil em seu art. 1348:

    Art. 1.348. Compete ao síndico:

    I - convocar a assembleia dos condôminos;

    II - representar, ativa e passivamente, o condomínio, praticando, em juízo ou fora dele, os atos necessários à defesa dos interesses comuns;

    III - dar imediato conhecimento à assembleia da existência de procedimento judicial ou administrativo, de interesse do condomínio;

    IV - cumprir e fazer cumprir a convenção, o regimento interno e as determinações da assembleia;

    V - diligenciar a conservação e a guarda das partes comuns e zelar pela prestação dos serviços que interessem aos possuidores;

    VI - elaborar o orçamento da receita e da despesa relativa a cada ano;

    VII - cobrar dos condôminos as suas contribuições, bem como impor e cobrar as multas devidas;

    VIII - prestar contas à assembleia, anualmente e quando exigidas;

    IX - realizar o seguro da edificação.

    § 1o Poderá a assembleia investir outra pessoa, em lugar do síndico, em poderes de representação.

    § 2o O síndico pode transferir a outrem, total ou parcialmente, os poderes de representação ou as funções administrativas, mediante aprovação da assembleia, salvo disposição em contrário da convenção.


    Assim, o síndico autorizando obras no condomínio sem a autorizaão de assembleia, principalmente aquelas que podem trazer riscos as outras unidades se encaixa no item IV - cumprir e fazer cumprir a convenção, o regimento interno e as determinações da assembleia, desta forma, sem determinação da assembleia o mesmo está contrario ao novo código civil, e tal situação é passível de destituição do síndico em assembleia e solicitação via jusitça para imediato encerraemnto das obras.

    Abaixo um pouco mais sobre obrigações do sindco.


    www.sindiconet.com.br/6829/Informese/Atribuioes-do-Sindico/Responsabilidade-civil-e-criminal-do-sindico

    Att,

    Kleber - SP

  • Newton Cesar Nonato Batista respondeu Kleber Gonçalves de Almeida há 659 dias atrás

    Srs. Kleber,
    agradeço ao pronto atendimento !!!

    e com referencia ao fato de o condomínio não esta com a convenção registrada nos moldes atuais, o registro antigo vale em juízo?

  • francisco freitas mendes respondeu Newton Cesar Nonato Batista há 659 dias atrás

    Newton, informo-lhe que não há obrigatoriedade da atualização da convenção, claro que a atualização facilitaria a vida do sindico, a sua convenção antiga continua valendo normalmente, desde que os seus artigos não contradigam o codigo civil, o que quer dizer que o sindico seguira sua convenção, mas sempre observando o codigo civil , tendo em vista que a convenção não pode se sobrepor a lei.

    Francisco

  • Newton Cesar Nonato Batista respondeu francisco freitas mendes há 659 dias atrás

    Agradeço mais uma vez o pronto atendimento, vocês são de grande ajuda!

  • francisco freitas mendes respondeu há 659 dias atrás

    Newton, não pode o sindico ceder áreas comuns, sem aprovação em assembleia de 100% dos condominos. O sindico podera ser destituido por praticar irregularidades conforme consta no artigo no. 1.349 do codigo civil e ser constrangido a desfazer o que autorizou. Podera ainda sofre ação judicial por descumprimento da lei. Com relação a responsabilidade do sindico o colega Kleber abaixo, ja descreveu de acordo com o codigo civil.

    Francisco

  • Jussara Cunha respondeu há 659 dias atrás

    Newton,

    Quem avançou sobre a área comum pode receber obrigação a fazer para desfazer e retornar a área comum invadida para seus proprietários - o condomínio.

    Quem avançou vai dizer que o síndico autorizou. Isso não é problema do condomínio: o spindico não era a autoridade para autorizar a invasão da área. Quem quiser processar o antigo síndico por estelionato será o invasor. O condomínio só fica esperando as áreas serem liberadas.

    Quem pegou autorização indevida é que terá o prejuízo e deverá (se quiser) correr atrás do "malandro" que autorizou.