Assembleias de condomínio

Precisa de assembleia para...?

Especialistas expõem suas opiniões sobre questões polêmicas

Por Mariana Ribeiro Desimone

terça-feira, 9 de outubro de 2012


Nada como uma decisão ser tomada em assembleia para cercar o síndico de segurança.

Algo determinado por um quórum específico ou pela maioria dos presentes em reunião de condomínio, caso não contrarie nenhuma lei ou a convenção do condomínio, dificilmente poderá ser revogado.

Há, porém decisões que são prerrogativas do síndico – e, portanto, ele não precisa chamar a assembleia para aprovação. Há outros casos ainda, em que a urgência do momento pede que algo seja feito rapidamente. Então, as providências são tomadas, e só depois se ratifica o que foi decidido e gasto, com uma assembleia.

Como nem sempre o entendimento sobre as situações é o mesmo, convidamos quatro especialistas em condomínios para responder algumas das questões mais comuns e polêmicas geradas em nosso canal Tira Dúvidas.

O time de especialistas é composto por Rodrigo Karpat, advogado especializado em condomínios, colunista do SíndicoNet e sócio da Karpat advogados; Vania Dal Maso, gerente de condomínios da administradora Itambé, José Roberto Iampolsky, diretor da administradora Paris condomínios, e Alexandre Marques, advogado especializado em condomínios e colunista do SíndicoNet

Confira  as respostas abaixo:

Troca de administradora

Para demitir funcionários

Para contratar funcionários

Para contratar empresa terceirizadora de mão de obra

Para revogar multa

Para oferecer desconto aos inadimplentes

Para trocar de empresa que efetua a manutenção dos elevadores, passando de uma fabricante para outra empresa que não seja fabricante