O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

Precisamos mobiliar o Salão de Festas. Temos de apresentar modelos aos condôminos em nova Assembl.?

Por Carla de Faria Rossi
Perguntou há mais de 1 ano

A dúvida é: Temos 03 cotações de preços. Compraremos o melhor pelo menor preço. É necessário convocar uma nova Assembléia para mostrar ítem por ítem para aprovação? Ou podemos comprar direto já que na última Assembléia os moradores autorizaram tais compras?

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (4)

Ordenar:

Maria Telma Falcão de Carvalho
Maria Telma Falcão de Carvalho

Respondeu há mais de 1 ano

Carla,

Se vocês já disseram quanto vão gastar e a assembléia votou a favor, não é necessário mostrar o modelo. Eles verão quando estiver no salão de festas.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Angela Merici Grzybowski
Angela Merici Grzybowski

Respondeu há mais de 1 ano

Carla, depende de como vcs fizeram a aprovação na assembleia, se foi definido um valor máximo para a adminsitração gastar e as cotações ficaram abaixo desse valor, não é necessário nova assembleia, mmaass se não foi definido valor máximo a ser gasto e esse valor é alto, aí o melhor é fazer nova asesmbleia; agora se o valor não é tão alto e vcs têm o dinheiro em Caixa aí fazem a compra e depois prestam contas.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez

Respondeu há mais de 1 ano

Carla depende de quais foram os poderes delegados a vocês. Se ficou decidido um preço X e modelos de livre escolha de vocês nenhuma necessidade de convocar novamente a AG. Mas na dúvida convoque. Condomínio novo é assim mesmo, muito trabalho, muita assembleia, muita despesa...

Mas só morar num local novinho em folha vale qualquer sacrifício não é mesmo? Boa sorte na casa nova;

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Ver todos os comentários (1)
Carla de Faria Rossi
Carla de Faria Rossi

Comentou há mais de 1 ano

Obrigada pela resposta Marisa, já estou discutindo tudo isso com o síndico.
Com relação a morar em um apartamento novo, bom seria...
Realmente é um condomínio novo, compramos nosso apartamento na planta em 2008 com entrega para 2010, mas só conseguimos nos mudar em 2012.
O pior é que o condomínio esta cheio de problemas, até explosão em um apartamento ocorreu no final do ano passado e os outros problemas que temos na construção faz parecer que nosso prédio tem mais de 20 anos. Desbafo!!!

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Gilson Ribeiro do Valle
Gilson Ribeiro do Valle

Respondeu há mais de 1 ano

Existem algumas decisões em Condomínio que precisam cair no gosto de muitos condôminos, e esta é uma delas. Alguns dele nunca entraram no salão de festas, outros dificilmente fazem uso, e tem aqueles que são assíduos frequentadores, não é como consertar uma vazamento ou repintar as faixas da garagem. As sugestões que lhe foram passadas são boas, mas se ainda houver tempo coloque o assunto na assembleia e forme uma comissão para tratar do assunto, é uma dor de cabeça a menos e quando tiver que trocar aquele conjunto de sofás do hall de entrada faça a mesma coisa, pois aonde entra o gosto pessoal nunca se agrada a gregos e troianos. Quando se tratar de manutenção, pintura, consertos em geral e outras coisas, vá em frente e decida você mesma.
As pessoas falam muito em bom senso, mas cheguei a conclusão que em condomínio essa Lei não funciona.
Boa Sorte

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Conteúdos relacionados

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.