O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

assembleia geral ordinária-31/3/16.

Por Luiz Alberto Cavalcati Dutra
Perguntou há mais de 1 ano

Caro consultor(a), boa noite!
Estou com as seguintes dúvidas em razão do edital de convocação para AGO que será realizada dia 31/3/16:

1a. dúvida- No edital de convocação no primeiro item será deliberado o seguinte: Prestação de contas do período de abril/2015 a fevereiro/2016.Na convenção não consta qual o período da apresentação da prestação de contas na assembleia. Vale observar que a síndica tomou posse em abril/2015.

PERGUNTA: Pode ser apresentado prestação de contas do exercício de 2015 junto com meses do exercício de 2016?. Em várias assembleias sempre foram levadas para aprovação pela assembleia o exercício anterior do mandato do síndico.

2a. dúvida - No segundo item será deliberado: Eleição de dois conselheiros para o conselho consultivo, dois conselheiros e três suplentes para o conselho fiscal.

PERGUNTA: a) Pode ser apresentado a prestação de contas do período de abril/15 a fevereiro/16, sem ter sido completado os membros do conselho fiscal? Isto é, somente um membro analisando as contas e assinando o parecer?


Obrigado!

Luiz Alberto C. Dutra
Brasília-DF

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (2)

Ordenar:

Luiz Leitão da Cunha
Luiz Leitão da Cunha

Respondeu há mais de 1 ano

1a. dúvida- No edital de convocação no primeiro item será deliberado o seguinte: Prestação de contas do período de abril/2015 a fevereiro/2016.Na convenção não consta qual o período da apresentação da prestação de contas na assembleia. Vale observar que a síndica tomou posse em abril/2015. CORRETO, NADA IMPEDE QUE ELA PRESTE CONTAS DE UM PERÍODO MENOR, DESDE QUE,, DEPOIS, PRESTE DO RESTANTE.

PERGUNTA: Pode ser apresentado prestação de contas do exercício de 2015 junto com meses do exercício de 2016?. Em várias assembleias sempre foram levadas para aprovação pela assembleia o exercício anterior do mandato do síndico. PODE, SEM PROBLEMAS.

2a. dúvida - No segundo item será deliberado: Eleição de dois conselheiros para o conselho consultivo, dois conselheiros e três suplentes para o conselho fiscal.

PERGUNTA: a) Pode ser apresentado a prestação de contas do período de abril/15 a fevereiro/16, sem ter sido completado os membros do conselho fiscal? Isto é, somente um membro analisando as contas e assinando o parecer? PODE, NO CASO, APENAS EU ASSINEI O PARECER (REAM 2 CONSELHEIROS APENAS).

Assinatura: Luiz Leitão da Cunha

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Sandro Renato da Silva
Sandro Renato da Silva

Respondeu há mais de 1 ano

1a duvida: Não vejo qualquer problema em apresentar e aprovar as contas de 2015 e meses de 2016.
2a duvida : Acredito que os conselheiros pediram renuncia? deveria ter feito nova eleição nas datas das renuncias, mas podes explicar isso e se a maioria aprovar as contas... Não vejo problemas.
Mas o correto era ter o conselho formado antes. A Assembleia será soberana para fazer a aprovação ds contas ou eleger os novos e marcar nova data para aprovar as contas já verificadas pelos novos conselheiros é uma alternativa.

Assinatura: Sandro - Nucleo Condominios
47 3363-3952

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Ranking do Mês

Usuários que mais respondem as perguntas

Pontuação
Entenda como funciona
Ranking geral

Faça suas cotações agora:

7.146 Compradores
14.703 Cotações
6.000 Fornecedores
Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.