O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×
Cadastrar
Entrar
Cotar Pedir orçamentos
Seja um fornecedor
menu

Pergunta

WhatsApp
LinkedIn
erica reis silva

Boa noite. O que fazer com moradores que não tem parentes e correm o risco de morte?

Por erica reis silva
41 dias

Hj no prédio faleceu uma senhora de infarto. Segundo a pericia faziam 3 dias que ela estava morta. O porteiro começou a ligar e ela não atendia o telefone ou o interfone. Chamei o bombeiro e ela estava morta no chão. O que fazer ?
Como monitorar essas pessoas que moram sozinhas?Como garantir socorro a elas já que muitas vezes são fechadas, não falam nada com a gente?

Responder esta pergunta

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (5)

Paulo Rodrigues de Moura
Paulo Rodrigues de Moura respondeu
41 dias

Boa noite! É triste,mas condomínio não pode fazer nada, só pode e deve prestar socorro quando perceber algo e isso socorro não apenas no condomíno no dia a dia com qualquer cidadão.

Fonte: 12

paulorodrbiguesmoura@hotmail.com
(11) 98440-4093

Egle Marques
Egle Marques respondeu
41 dias

No seu caso atual não tem como resolver, mas daqui para a frente você pode pedir por escrito a todos os condôminos e moradores que preencham uma ficha com os telefones de contato não só deles, mas também de parentes e amigos para emergências. Em geral, os condominios tem uma pasta com essas informações e atualizam anualmente.

Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez respondeu
40 dias

Como síndica absolutamente nada a ser feito. Síndico cuida da área comum e não da saúde das pessoas. E você nem precisa estar doente para infartar. A única coisa que você pode fazer é ter um cadastro com a pessoa que deve ser avisada em caso de emergência, e isso se o morador quiser passar a você.

Não tente monitorar ninguém, isso é invasão de privacidade. Se o vizinho que mora sozinho quiser, com muito, muito cuidado mesmo, sugira a ele uma pulseira de pânico. E você estará agindo como a boa samaritana Érica e não como a síndica do condomínio. E como diz a música: se pediu aguenta.

Gestora de Imóveis - Graduada Universidade CESUMAR. Pós Graduada SENAC. Mediação e Arbitragem TASP.
contato: mari.marta_imoveis@hotmail.com

Gilmar Marçal da Rosa
Gilmar Marçal da Rosa respondeu
40 dias

Oi Érica!
Quando o condômino não se abre, você não consegue informações, que foi o caso.
Por que geralmente os próprios condôminos do prédio quando se relacionam, existe sociabilização procuram ajudar.
Um abraço!

MARÇAL - Síndico Profissionalmente - (Porto Alegre - RS)
E-mail: marcal627@gmail.com - Tel.(51) 986366900
Bacharel em Administração de Empresa

Eliasar Pereira Eduardo
Eliasar Pereira Eduardo respondeu
40 dias

Erica, bom dia. Não há muito o que fazer, se o condomínio dispõe de funcionários, poderia oferecer uma visita diária a essas pessoas, algo como tocar a campainha e dar um alô.

Ranking do Mês

Usuários que mais respondem as perguntas

Pontuação
Entenda como funciona
Ranking geral

Faça suas cotações agora:

111.294 Compradores
347.818 Cotações
2.769 Fornecedores

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...