O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

Francisco Gildo Rosa Palhano

Qual o cálculo para indenizar horas extras passadas quando o turno é modificado?

Por Francisco Gildo Rosa Palhano
Perguntou há mais de 1 ano

Nosso condomínio sempre trabalhou com 2 porteiros e 1 vigia gerando horas extras mensais a todos eles a bastante tempo. Estamos estudando implantar o turno 12X36 com 2 Porteiros e 2 Vigias. Então qual o procedimento e cálculo de indenização destas horas extras passadas e como e, com quem, deve ser acordado este novo tipo de período de trabalho, afora os colaboradores. Estas são algumas de nossa dúvidas.
Grato.

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (1)

Ordenar:

Maria Telma Falcão de Carvalho
Maria Telma Falcão de Carvalho

Respondeu há mais de 1 ano

Prezado Francisco,

Esse tipo de cálculo deverá ser feito por um contador ou pela administradora, que deverá ser celebrado no sindicato. Os funcionário podem concordar ou não. Nesse caso é direito adquirido e vocês, para suspender as horas extras terão que indeniza-los.

Assinatura: Telma Carvalho
Síndica profissional

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Ranking do Mês

Usuários que mais respondem as perguntas

Pontuação
Entenda como funciona
Ranking geral

Faça suas cotações agora:

7.146 Compradores
14.703 Cotações
6.000 Fornecedores
Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.