;

Pergunta

Lairton Fernandes dos Reis

cesta basica. Falta injustificada do empregado. Acarreta perda do benefício naquele mês? Por quê?

Por Lairton Fernandes dos Reis, 1946 dias atrás

Responder esta pergunta

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (5)

Alva Administradora
Alva Administradora respondeu 1946 dias atrás

Sr. Lairton, a falta injustificada do empregado pode realmente acarretar a perda do benefício, dependendo apenas do Sindicato da categoria. Em São Paulo, essa perda, geralmente, ocorre por uma falta injustificada ou por duas faltas justificadas. A razão pela qual há a perda do benefício, se prende ao fato de que é um BENEFÍCIO concedido ao funcionário que cumpre rigorosamente os seus devedores. Aqui em SP, na convenção coletiva incidente, cláusula vigésima (Sindificios), está estipulado com a cesta básica conferida atinge o valor de R$ 130,00 (cento e trinta reais). O empregador tem a obrigação de cumprir a obrigação mediante a aquisição da cesta básica ou do vale cesta, respeitando-se as condições mais benéficas ao empregado. Esse benefício será concedido quando ocorrer férias, licença maternidade, auxílio doença e acidente do trabalho, sendo os dois últimos casos em até 06 (seis ) meses.

Jussara Cunha
Jussara Cunha respondeu 1946 dias atrás

Normalmente está na Convenção Coletiva de Trabalho como programa de incentivo e motivação à assiduidade, o fornecimento mensal aos empregados não faltosos de uma cesta básica. Não terá este beneficio, somente o empregado que cometer falta injustificada ao trabalho no mês da concessão, tendo em vista o objetivo do programa que é premia o empregado assíduo e diligente, sem qualquer distinção ou garantia de direitos de forma indiscriminada .

João Uller
João Uller respondeu 1946 dias atrás

Lairton: O fornecimento de cesta básica, auxílio ou vale alimentação ou qualquer que seja o nome é regulamentado pela convenção coletiva de trabalho. Estive vendo na CCT da sua região e lá não consta a possibilidade de perda do benefício decorrente de falta justificada ou não. A cesta básica deve ser paga inclusive no período de férias do empregado e no caso de ausência do trabalho por motivo de doença ou acidente, por até seis mêses. Portanto, não pode deixar de ser concedida se o empregado faltou. Leia a sua convenção e comprove isso.

Alva Administradora
Alva Administradora respondeu 1946 dias atrás

Sr. Lairton, complementando a resposta. O fornecido ao empregado como alimentação, em virtude de previsão contratual, costume ou acordo em convenção coletiva do trabalho específica para a categoria, é considerado remuneração do trabalhador para todos os efeitos legais (integra a remuneração mensal, remuneração de férias, de décimo terceiro salário, aviso prévio, incidências de INSS, FGTS e IRRF); exceção feita quando a alimentação for vinculada ao Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT).
Para que a empresa forneça alimentação sem ter o caráter remuneratório, deverá estar cadastrada no programa e utilizar fornecedores vinculados ao PAT; nestes casos o benefício não pode ser suspenso, reduzido ou suprimido.
Outra forma de não constituir salário utilidade, ocorre quando o empregado cobra pela alimentação, mesmo que seja por valor simbólico.
Alimentação deduzida da remuneração afasta a natureza salarial prevista em lei, já que o alimento é fornecido em razão do pagamento.
Por seu turno, o artigo 458, CLT, determina que além do pagamento em dinheiro, compreende-se no salário, para todos os efeitos legais, a alimentação, habitação, vestuário ou outras prestações ?in natura? que a empresa, por força do contrato, do costume ou convenção coletiva, fornecer com habitualidade ao empregado.
O termo ?in natura? é o salário em espécie (cumprido pela entrega de bens ou de utilidades), e que se evidencia como adicional, ou acessório, ao salário principal, pago em dinheiro.
É indispensável que se identifique a origem da concessão da cesta básica.
Se a cesta for resultante do acordo trabalhista, mesmo com negligências dos trabalhadores, não há como diminuir ou excluir o benefício.
Se essa concessão ocorra por iniciativa do condomínio, poderá ser diminuída, com toda a cautela (a depender do período em que a mesma esteja sendo concedida, pode acarretar passivo trabalhista por diminuição de ganhos reais mensais).
A melhor solução é observar a conduta do empregado, se este honra o seu emprego e respeita quem paga o salário, tendo por seus empregadores bom desempenho.

Elisabete Costa
Elisabete Costa respondeu 1213 dias atrás

Bom dia,

Trabalho com uma empresa de Motoboy e estou tendo dificuldades a respeito de faltas. Posso tirar o beneficio (cesta básica), pois acho injusto entregar a cesta para alguns funcionários que faltas mais de 15 dias corridos.
Agradeço pela atenção e disposição. Somos da baixada Santista.

Ranking do Mês

Usuários que mais respondem as perguntas

Pontuação
Entenda como funciona
Ranking geral

Faça suas cotações agora:

76.248 Compradores
238.927 Cotações
1.937 Fornecedores

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...