O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

Ju Antunes ALves

Problemas com reforma de vizinho q n respeita os outros moradores.

Por Ju Antunes ALves
Perguntou há mais de 1 ano

Moro em um condomínio de apenas 6 apartamentos e ainda n temos sindico.
O morador que comprou o apto em frente ao meu começou uma reforma à cerca de 90 dias.
Respeitou os horários mas seus operários ouviam música tão alto que as portas e janelas chegavam a trepidar com o impacto do som.
Reclamamos apenas do som pois dos 3 proprietários que já estavam residindo, um deles faz turno e estuda. Nesse caso o barulho da obra somado ao som extremamente alto tornava impossível o descanso do morador.
Reclamamos sobre a sujeira de dejetos da obra (restos de gesso, cimento, tinta pingada nas escadas, verniz pelas escadas, resíduo de massa corrida, etc. Nossa alegação foi que alem de causar risco de alguém cair nas escadas, a área comum deve ser mantida limpa independente de reforma em apartamento ou n.
Ele n alugou caçamba. Colocou todo o material da obra em sua garagem ( n gostamos disso, porem n podemos dizer se ele tem esse direito ou n).
Além de tudo isso sou altamente alérgica á tintas, verniz, solvente, tiner, texturas pigmentadas e pedi apenas que me informasse quando estaria usando tais produtos para que eu saísse do prédio afim de não prejudicar o tratamento intensivo que faço desde agosto de 2015 (tenho todos os registros médicos). Expliquei ao meu vizinho q posso passar mal a ponto de não conseguir falar, ficar com falta de ar e chegar até a ter uma parada respiratória. Disse que podia fazer sua pintura à vontade, mas desde que me informasse para n estar presente.
Desde o inicio de dezembro ele começou a pintar... cerca de 40 dias já. O apto tem apenas 76m2. Ele me avisou da pintura apenas 2x nesses 40 dias. Passei mal várias vezes, tive que ir ao medico 2x e tomar injeções fortíssimas de cortisona para melhorar as dores e a falta de ar.
Acredito ser meio abusivo 40 dias para pintar um apto de 76m2 (sei que ele está no direito de fazer a reforma) porém questiono se eu tb n tenho o direito de "morar" na minha casa já que tb sou proprietária.
tentei falar com ele para abrir uma exceção no ano novo dia 30 e 31 (sendo que 31 era um sábado e normalmente reformar n é permitido) para que eu pudesse entrar em casa para pegar mais roupas (já que sai as pressas passado mal e quase n consegui pegar nada) e para poder por minha casa em ordem já que estava fora do dia 17 de dezembro até 24( momento em que ele começou a pintar mais uma vez sem avisar mesmo sendo um sábado (véspera de Natal) e vendo que eu estava em casa preparando a ceia.
Como estava com várias comidas no fogo e alimentos fora da geladeira, demorei um pouco mais pra sair do apt. Tendo assim uma crise alérgica bem forte. Resumindo... no ano novo ele se recusou a suspender por apenas 1 dia util sua obra pq ele tinha um cronograma e se tinhamos visitas para receber e estávamos constrangidos com a sujeira ele n podia fazer nada. (reclamamos apenas de toda a sujeira pelas escadas (pois receberíamos pessoas idosas e seria arriscado subir escadas nessa condição.
Ele se negou e ficou por isso mesmo.
Segundo ele sua obra terminaria no dia 2 de janeiro Mas n terminou.
Dia 11 de janeiro (cerca de 40 dias dps do início apenas da pintura, mandei uma msg): "FULANO", ESTOU LHE COMUNICANDO QUE ESTAREI RETORNANDO PARA MINHA CASA DIA 14/01/17 (SÁBADO), OK!? TENHA UM BOM DIA.
A resposta foi: n te tirei da sua casa nem proíbo sua entrada. Se os pintores tiverem finalizado ok, caso contrário, como sua alergia n é problema meu, vou pintar quantas vezes quiser e até quando quiser pq n te devo satisfação.
Se vc tem um problema, n deveria ter comprado um apartamento, afinal se eu fosse deficiente física o prédio (que n tem elevador) n teria q construir rampas no prédio todo por causa de uma moradora.
Me senti humilhada, achei q ele foi preconceituoso e maldoso e até senti uma certa descriminação pois pessoas doentes, alérgicas não deveriam morar em condomínio.
Quais medidas posso tomar sendo que ele deixou claro que esta ciente da minha grave alergia e não vai me avisar quando for pintar, envernizar, etc. Tendo conhecimento da minha condição, ele n estaria colocando minha saúde e vida em risco? Caso eu tenha uma parada respiratória numa dessas pinturas dele, ele responderia processo crime? ou caso eu tivesse uma crise mto forte que precise faltar ao trabalho, passar por hospitais, gastar com medicamentos e sofrer com os efeitos colaterais (pois alguns medicamentos são mto agressivos) como corticoides e cortisona em alta dosagem. Caberia processá-lo por danos materiais, físicos e morais? Podendo até mesmo pedir indenização dos valores gastos com medicamentos e com as faltas ao trabalho?
Obrigada desde já à quem puder ler ou até mesmo responder.

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (9)

Ordenar:

Elúbian | www.sindicaz.com.br
Elúbian | www.sindicaz.com.br

Respondeu há mais de 1 ano

Olá Ju

DÚVIDAS: A senhora já avisou o síndico sobre esta situação? Esta resposta o morador passou por escrito ou verbalmente? A senhora tem testemunhas e ou provas dos avisos que enviou para ele?

DICA (Com base nas informações acima descritas; ideal é analisar o caso concreto): Entrar no judiciário para pedir a indenização é sempre possível; porém é necessário averiguar se há provas o suficiente da relação entre a pintura e os seus gastos/faltas.

CURTIU? Se gostou da resposta, aperte o botão de curtir!

Fonte: Direito Civil

Assinatura: SindicAZ | Soluções de A-Z para seu condomínio | Equipes Advogados, Manutenção, RH e Síndico profissional (contadora) | sindicazeficaz@gmail.com

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez

Respondeu há mais de 1 ano

Ju você já postou diversas vezes essa questão, apenas agora você trouxe outras informações e mudou seu nome.

No quesito condomínio é possível que 1/4 dos condôminos convoque a assembleia a qualquer momento de forma que duas pessoas (você e mais um dono) podem convocar a assembleia e eleger um síndico.

E a lei permite que, enquanto não houver normas internas, 2/3 dos condôminos imponham multa de até CINCO vezes o valor do condomínio para quem perturbe ou use indevidamente as áreas comuns (veja lei 10406/02 artigos 1336-1337). Ou seja: dois condôminos convocam a assembleia e será preciso que quatro condôminos concordem em impor a penalidade. Pela sujeira nas áreas comuns, pelo entulho largado em local indevido e pelo barulho vocês conseguem multa-lo.

Ainda, a mesma lei permite que 3/4 dos condôminos (no seu caso cinco votos) o enquadrem como morador antissocial e imponham uma multa de até 10 vezes o valor do condomínio.

Quanto à sua doença eu sinceramente não sei se ela (doença) restringe algum direito dos seus vizinhos ou impõe aos seus vizinhos algumas obrigações ou se é você quem deve usar mascara. Consulte advogado, isso não é assunto de competência deste fórum e acho pouco provável que alguém te responda.

Abraços

Assinatura: Gestora de Imóveis - Graduada Universidade CESUMAR. Pós Graduada SENAC. Mediação e Arbitragem TASP.
contato: mari.marta_imoveis@hotmail.com "

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Geraldo Majella da Silva
Geraldo Majella da Silva

Respondeu há mais de 1 ano

Ju - Colocar várias vezes o mesmo motivo da sua pergunta com relatos diferentes não resolverá o seu problema. Se acha que tem direitos devido a sua alergia, procure um Advogado e não fique enviando cartas ao seu vizinho, este problema não é dele. Quem diz o que quer, houve o que não quer. Torno a repetir: se achar que tem direitos devido a sua alergia procure um Advogado. 0k

Fonte: Pessoal

Assinatura: Geraldo Majella da Silva

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Ju Antunes ALves
Ju Antunes ALves

Respondeu há mais de 1 ano

Eu acabei fazendo várias vezes a mesma pergunta pq deu erro no meu computador. Porém por n saber bem como funciona o site, como apago ou mesmo como respondo as pessoas que me mandaram respostas, fiquei um pouco confusa.
Não consegui entrar com meu cadastro anterior, portanto fiz outro para acessar e poder ver as respostas. como n encontrei nem minhas perguntas nem as respostas, resolvi escrever de forma mais detalhada qual é o problema.
OBS:
1 - tenho tudo documentado por áudios e conversas do whatsapp. tenho testemunhas sim. Inclusive avisei no grupo do condomínio sobre a gravidade da alergia.
2 - o uso de máscara n adianta em nada. Sou EXTREMAMENTE ALÉRGICA a tais produtos. já tive parada respiratória e já precisei tomar adrenalina 2x para voltar a respirar. Uma exposição de 10, 20, 30 min. poderia me causar um desmaio e parada respiratória. Se n for socorrida a tempo pode causar óbito. Por isso meu questionamento sobre a obrigação em me avisar para que eu possa sair do local.

Fonte: crises anteriores que já me levaram a desmaios e parada respiratória laudo médico. prova do tratamento que faço já faz quase 1 ano e meio com perspectiva de mais 13 meses de tratamento.

Assinatura: Jussara Antunes Alves El kadri

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez

Respondeu há mais de 1 ano

Ju qual a parte do "consulte um advogado" que você não entendeu ainda? Se você não tem dinheiro para pagar um procure a defensoria pública porque síndico administra o condomínio e não doenças de condôminos.

Desculpe mas é isso.

Abraços

Fonte: xx

Assinatura: Gestora de Imóveis - Graduada Universidade CESUMAR. Pós Graduada SENAC. Mediação e Arbitragem TASP.
contato: mari.marta_imoveis@hotmail.com "

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Ju Antunes ALves
Ju Antunes ALves

Respondeu há mais de 1 ano

Meu esposo é advogado tributarista.
Porém como se trata de um problema muito específico, ele ainda n encontrou um advogado especialista no assunto para podermos nos informar melhor.
Meu direito como moradora: morar na minha casa
Meu direito com cidadã: ter garantia do meu direito a integridade física (OU SEJA... NG PODE PREJUDICAR MINHA SAÚDE, MINHA INTEGRIDADE FÍSICA OU COLOCAR MINHA VIDA EM RISCO)
Direitos dos vizinhos: morarem, reformarem, pintarem seus apartamentos (seguindo as normas e convenção do condomínio)
A única questão é: se ele exercer o direito dele de pintar, eu n posso exercer o meu direito de morar.
Por isso me disponho a sair do prédio todas as vezes que precisarem pintar. (assim garanto minha integridade física)
Mediante a todas as informações que os moradores tem sobre a gravidade da minha alergia, seria cabível pedir para ser notificada quanto a pinturas com o intuito de preservar minha saúde?
N querendo ser rude com ng... mas sei que preciso de um advogado especialista... JUSTAMENTE POR ISSO ESTOU CONSULTANDO O SITE PARA SABER SE PODEM ME AJUDAR COM ISTO JÁ QUE PARTO DO PRINCÍPIO QUE VCS TEM MTO MAIS INFORMAÇÕES E EXPERIÊNCIAS DO QUE EU.
Quem n puder ajudar, prefiro que n responda de forma rude. Sou bem instruída sim... apenas n tenho experiência com direitos em condomínio. E tb n sei se há algum advogado especialista em direito sobre doenças ou alergias em condomínio.
Se alguem souber de algum profissional para me orientar quanto a isso, agradecerei mto pela indicação.

Fonte: Delegacia e orientação básica de advogado tributario

Assinatura: Jussara Antunes Alves El kadri

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez

Respondeu há mais de 1 ano

Ju seu marido é advogado tributarista e não sabe. Não será um advogado especialista em condomínio a saber. Consulte um advogado civilista, ok?

já conversou com seu médico?

Tentou este site:http://blogdalergia.blogspot.com.br/p/projetos-especiais.html?

Assinatura: Gestora de Imóveis - Graduada Universidade CESUMAR. Pós Graduada SENAC. Mediação e Arbitragem TASP.
contato: mari.marta_imoveis@hotmail.com "

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Ju Antunes ALves
Ju Antunes ALves

Respondeu há mais de 1 ano

N conheço este blog.
Vou entrar e ver se encontro algo sobre oq preciso.
Obrigada pela dica

Fonte: Informação de terceiros

Assinatura: Jussara Antunes Alves El kadri

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Conteúdos relacionados

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.