O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

Renan Souza

Fui assaltado, quem paga a troca de chaves?

Por Renan Souza
Perguntou há mais de 1 ano

Olá, boa noite.

Fui assaltado recentemente e roubaram a bolsa da minha namorada. Dentro da bolsa estava o molho de chaves dela que continha chaves do portão do prédio, porta do prédio e do nosso apartamento. Não temos certeza, mas existe a possibilidade de ter alguma conta (consequentemente, nosso endereço) dentro da bolsa também.
Tentei entrar em contato com o síndico o dia todo porém não consegui, ele não apareceu em casa e, devido ao roubo, estou sem celular para ligar para ele. Tomei a decisão de trocar o segredo da minha porta para dormir mais tranquilo.
Pretendo informar ao síndico sobre isso assim que conseguir encontrar ele, minha dúvida é a seguinte: Caso ele ache necessário realizar a troca dos segredos, quem deve arcar com os custos da troca? Em nenhum momento tivemos reuniões ou qualquer coisa que definisse a responsabilidade para esse tipo de situação. Existe algo, em lei, que me obrigue a arcar com a despesa? Creio que o mais justo seja que a cobrança seja diluída no condomínio. Agradeço desde já pela atenção, obrigado.

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (4)

Ordenar:

Paulo Rodrigues de Moura
Paulo Rodrigues de Moura

Respondeu há mais de 1 ano

Bom dia! Não espere o síndico faça o que tem de ser feito para arrumar a fechadura e providencie as cópias das chaves.
O condomínio não é responsável por esse tipo de danos. O segundo do condomínio não contempla tal danos, só se você tiver um seguro residência ,caso tenha dê uma olhada na cobertura do mesmo.

Assinatura: paulorodriguesmoura@hotmail.com

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Osni - Assembleia.Click
Osni - Assembleia.Click

Respondeu há mais de 1 ano

Sr. Renan, Se fosse com outro vizinho o senhor acharia justo que ele trocasse apenas as chaves das portas da unidade dele?
Lei 10.406 Artigo 1.336. São DEVERES do condômino: IV - dar às suas partes a mesma destinação que tem a edificação, e não as utilizar de maneira prejudicial ao sossego, salubridade e SEGURANÇA dos possuidores, ou aos bons costumes.

Sim o senhor deve comunicar ao sindico (e até os demais condôminos do ocorrido), e arcar com os custos para retomar a SEGURANÇA trocando segredo dos miolos e cópia de chaves.

Fonte: www.procond.com.br

Assinatura: WWW.PROCOND.COM.BR
Assessoria, Consultoria, Sindico e Administração Condominial
contato@procond.com.br

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez

Respondeu há mais de 1 ano

Renan respeitadas as opiniões divergentes a mim parece que esperar que a vítima do assalto aumente seu prejuízo bancando sozinha os custos com a troca de segredo apenas fará com que essas vítimas omitam o problema do condomínio. Meu ponto de vista: proceder à troca do segredo mediante BO cobrando do condomínio as despesas. Evidente que sairá do bolso dos condôminos mas ninguém pede para ser assaltado. E tenho uma posição diferente em caso de extravio, furto ou perda, por isso exigiria o BO.

Abraços

Assinatura: Gestora de Imóveis - Graduada Universidade CESUMAR. Pós Graduada SENAC. Mediação e Arbitragem TASP.
contato: mari.marta_imoveis@hotmail.com

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Luiz Leitão da Cunha
Luiz Leitão da Cunha

Respondeu há mais de 1 ano

Quem paga as chaves é você mesmo; o condomínio não é reponsável pelo roubo delas.

Fonte: Luiz Leitão da Cunha

Assinatura: Luiz Leitão da Cunha
lmleitao@outlook.com
Atuação exclusivamente na região dos Jardins, em São Paulo, Capital

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Conteúdos relacionados

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.