O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

Morador que não paga condominio Há 2 anos

Por Elexandra Vasconcellos da Silva
Perguntou há mais de 1 ano

Boa tarde
A sindica pode pedir para administradora gerar um unico boleto para o morador que deve 2.000,00 referentes as taxas de condominios atrasadas a dois anos. E se ele se recusar a pagar esse boleto ele pode ser protestado?

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (9)

Ordenar:

Maria Telma Falcão de Carvalho
Maria Telma Falcão de Carvalho

Respondeu há mais de 1 ano

No caso do morador ter concordado em pagar os R$ 2.000,00 de uma só vez, é claro que ela deve mandar fazer o boleto.Mas ele não concordar, é melhor ela não mandar fazer o boleto e já iniciar uma cobrança judicial.
O ideal é tentar fazer um acoredo, mas se já foi feito e não deu certo, cobrançã judicial imediata.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Jussara Cunha
Jussara Cunha

Respondeu há mais de 1 ano

A síndica manda fazer o boleto CONFORME o devedor tenha acordadopagar!
Se ele acordou pagar R$ 2 mil, o boleto deverá ser expedido.
Dois anos sem pagar condomínio, cobrança judicial!

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Frederic Van den Abeele
Frederic Van den Abeele

Respondeu há mais de 1 ano

O morador em questão é inademplente. No nosso condominio, inademplente não tem direito a vaga coberta. Cheguei a ler neste site uns relatos que cortam 80% do fornecimento de agua de inademplente. Vc poderia iniciar uma ação judicial mas como o valor não é muito alto, comparado com valor de um imovel, não vão leiloar o imovel para quitar a divida. Já seria um bom começo colocar o nome do morador no Serasa e no SPC.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Ronald Oliveira
Ronald Oliveira

Respondeu há mais de 1 ano

Elexandra, se foi feito o acordo pode fazer o boleto no valor total...

P.S: Esse acordo foi so de boca? Tem algum documento comprovando a solicitação do condômino?

Se não tiver documentado é bom documentar, para que futuramente o condomínio não seja prejudicado.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Rafael R S Lima de Siqueira
Rafael R S Lima de Siqueira

Respondeu há mais de 1 ano

Elexandra Vasconcellos da Silva,

Depende de como foi feito o acordo. Se for a vista pode ser boleto único, se for parcelado, há a necessidade dos boletos mensais de acordo. Esse acordo já está em juízo?

Boa sorte

Assinatura: RR S Lima de Siqueira
Subsíndico
Site: www.havilah.16mb.com

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Paulo Miller
Paulo Miller

Respondeu há mais de 1 ano

Coveiro atrás de pontos em ação...

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Luiz Leitão da Cunha
Luiz Leitão da Cunha

Respondeu há mais de 1 ano

Se isso tiver sido formalmente acordado, sim. E no caso de não pagamento, o título poderá ser protestado. Ocorrendo o protesto, parte-se para a cobrança judicial.

Assinatura: Luiz Leitão da Cunha

Atuação: Jardins, Região da Av. Paulista, Itaim Bibi e Pinheiros.Idiomas: inglês e espanhol.
lmleitao@outlook.com

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Paulo Miller
Paulo Miller

Respondeu há mais de 1 ano

2 coveiros atrás de pontos...

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Dayane Bernardo
Dayane Bernardo

Respondeu há mais de 1 ano

Você está muito certo Sr. Paulo Miller. Me desculpe, eu não confiou na orientação desses coveiros.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Conteúdos relacionados

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.