O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Responder pergunta

Alexandre M Lima

13o. Salario / gratificação Anual a Freelance

Por Alexandre M Lima

Outras respostas (5)

jorge hugo alves de azevedo
jorge hugo alves de azevedo

Respondeu há mais de 1 ano

Poderiam também registrar a carteira dele a fim de evitar problemas trabalhistas futuramente.E se ele sofrer um acidente durante o trabalho?

Habitat Administradora de Condomínios
Habitat Administradora de Condomínios

Respondeu há mais de 1 ano

Boa tarde, qualquer gratificação extra alem de salário e benefícios poderá ser decidido em assembléia para evitar especulações de outros moradores sobre os motivos de tal gratificação (falando em questões monetárias) mas é possivel sim.

Alexandre M Lima
Alexandre M Lima

Respondeu há mais de 1 ano

Boa noite Jorge,

Também pensamos nisto, logo no início, porém ele pediu para não o registrar pois a CTPS dele é de administrativo e não gostaria de inserir o cargo de A.S.G ou zelador, etc, pois ainda tem esperança de conseguir retornar ao mercado de trabalho em seu ramo de profissão. Porem, tem sido de grande valia para os nossos propósitos e seguindo, por dois anos, com responsabilidade e honestidade.

Bruno Amaral
Bruno Amaral

Respondeu há mais de 1 ano

Boa noite Alexandre,
questões trabalhistas são bem fáceis de virar problemas quando não se tem registro formal. Hoje o funcionário diz que "não quer registrar na carteira", amanhã ele processa.

Luiz Leitão da Cunha
Luiz Leitão da Cunha

Respondeu há mais de 1 ano

Já está errado contratar um frila, porque essa pessoa tem de ser registrada. Isso de trabalho 24/7 equivale a plantão, o que também está errado.

Ranking do Mês

Usuários que mais respondem as perguntas

Pontuação
Entenda como funciona
Ranking geral

Faça suas cotações agora:

7.146 Compradores
14.703 Cotações
6.000 Fornecedores
Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.