O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Responder pergunta

Juliano Prates

O condômino pode pintar a parte interna do muro da área privativa do seu apto?

Por Juliano Prates

Outras respostas (3)

Luiz Gimenez
Luiz Gimenez

Respondeu há mais de 1 ano

Como não é possível ter conhecimento do caso concreto, vale a regra aplicada as paredes da sacada, que somente devem ser pintadas seguindo o mesmo padrão da fachada e de preferência que seja feita mediante autorização de assembleia, onde se discutirá a respeito da pintura de toda a fachada do prédio e das demais sacadas de uma única vez.

Por outro lado, se a parede interna não está visível, não comprometendo o visual do prédio, o ideal que seja feita a pintura mas mantendo a coloração original, justamente para evitar alguma empecilho e implicações desnecessárias com outros condôminos,

Olá Juliano, se a área é privativa, e tratando-se da parte "interna", subentende-se que a área citada por você, não faz parte da área comum, portanto, eu NÃO consideraria alguma irregularidade, abraços

José Zilmar Miranda
José Zilmar Miranda

Respondeu há mais de 1 ano

Boa Tarde,
O Apto. é no térreo? Pode!
porém é sempre bom consultar a convenção a respeito em caso de omissão, faça-se mas, sempre avisando ao sindico..

Boa Sorte!

Ranking do Mês

Usuários que mais respondem as perguntas

Pontuação
Entenda como funciona
Ranking geral

Faça suas cotações agora:

7.146 Compradores
14.703 Cotações
6.000 Fornecedores
Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.