O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Responder pergunta

Aldo

Zelador foi ofendido por um morador cabe ação trabalhista contra o cond art 483 cltrecisão indireta?

Por Aldo

Outras respostas (4)

Sandro Araujo
Sandro Araujo

Respondeu há mais de 1 ano

Caro Aldo:

Cabe ação sim. Só que é necessário comprovar que tal atitude ocorreu do morador para com o zelador. O melhor é conversar com o síndico e tentar resolver a questão amigavelmente. Se não houver possibilidade de acordo, aí sim, recorra a justiça. Um abraço!

Angela Merici Grzybowski
Angela Merici Grzybowski

Respondeu há mais de 1 ano

Aldo, seu síndicoe subsíndicos estão equivocados, LEI NÃO É BOEIRA ALGUMA É LEI e deve ser cumprida, quando um morador comum fala com um funcionário ele também representa o condomínio e portanto é seu empregador falando neste momento, se você tem testemunhas do ocorrido, pode sim, apresentar justa-causa contra o condomínio, que terá que te demitir pagando todas as verbas rescisórias e como se fosse uma demissão sem juta causa por parte do empregador; e você pode, ainda, processar o condomínio.
O que eles estão certos é que o síndico é quem representa o condomínio, mas é no processo trabalhista que você irá, com ceteza, mover contra eles.
Converse com um advogado trabalhista, ele irá confirmar o que te digo.
Boa sorte.

Maria Telma Falcão de Carvalho
Maria Telma Falcão de Carvalho

Respondeu há mais de 1 ano

Aldo,

Dependa da ofensa. Foi ofensa grave? você tem como provar?
Eu não conheço o art. 483, não sei o que diz, mas Lei é Lei e como tal deve ser cumprida.
Anaçlise o tamanho da ofensa e veja se vale a pena entrar na justiça.
Você corre o risco de ser demitido agora por algum motiovo?

JORGE PEREIRA
JORGE PEREIRA

Respondeu há mais de 1 ano

Aldo , já existem vários processos movidos por empregados contra condomínios , porque eles ( empregados ) foram ofendidos por proprietários. Tive um quase problema na semana passada e busquei na internet situações identicas. Vou te passar somente uma das muitas que achei . Um empregado entrou com uma ação contra o condomínio por danos morais e o juiz do TST determinou em sua sentença : " essa espécie de dano ( moral ) exclusivamente emocional é da propria natureza da ofensa , não se exigindo prova objetiva ou material " Continua ele : " o condomínio é formado por dois elementos : uma unidade autonoma e a área comum . A primeira é o apartamento ou escritório a segunda é o hall , portaria , jardins , escadas , salao de festas , piscinas , corredores etc. , que são consideradas como co-propriedade , onde cada proprietário tem uma fração ideal da área . Como a ofensa foi feita na portaria , o condomínio é responsável.
Como voce vê , nem sempre eles precisam de testemunhas .
Boa sorte.

Ranking do Mês

Usuários que mais respondem as perguntas

Pontuação
Entenda como funciona
Ranking geral

Faça suas cotações agora:

7.146 Compradores
14.703 Cotações
6.000 Fornecedores
Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.