Despesas ordinárias x extraordinárias

Despesas ordinárias x extraordinárias


Inquilino e proprietário pagam despesas diferentes. O primeiro é o responsável pela ordinária, já o segundo, pela extraordinária. Entenda o que cada uma significa:

O que está incluso na despesa ordinária?

Pintura de partes comuns; despesas com funcionários; consumo de água, luz e gás; manutenção de elevadores, piscina, jardim; material de limpeza; honorários de administradora; prêmios de seguros; e telefone de uso coletivo.

E na extraordinária?

01


Pintura de fachada; indenizações trabalhistas; reformas e ampliações do imóvel; instalação de novos sistemas de segurança, economia e lazer; projetos de paisagismo e decoração; fundo de obras; fundo de reserva.


A divisão é sempre assim?

02

Não. Em alguns casos, a divisão entre despesas não encontra unanimidade, mesmo entre juristas.


Questões polêmicas

03

Alguns pontos são mais suscetíveis para polêmicas, como é o caso de impermeabilizações, instalação e troca de antena coletiva, substituição preventiva de colunas de água e condutores elétricos.


Outras despesas

04

Se ocorrer melhorias por decisões públicas, como colocação de guias e sarjetas, asfaltamento, galerias de águas pluviais, as despesas são extraordinárias.


O que a lei diz?

03

Quem se pronuncia sobre a divisão entre os gastos é a Lei do Inquilinato (8245/91). A Lei dos Condomínios, no entanto, não se manifesta sobre a questão.


Lei do inquilinato

03

Para saber mais sobre as despesas de manutenção de responsabilidade do inquilino, confira aqui.

Clique e leia mais!

 Tabela: Ordinárias
X
Extraordinária