Moradores fazem sorteio de vagas para carros em condomínio de SP

Vagas são sorteadas a cada dois anos em prédio na Mooca. Especialista em condomínios tira dúvidas dos telespectadores.

Em um prédio na Mooca, Zona Leste de São Paulo, das 180 vagas de garagem, 30 ficavam coladas ou presas por outros carros. A solução encontrada pelo síndico foi redesenhar a planta da garagem, como mostrou o quadro “Meu condomínio tem solução”, do SPTV, nesta terça-feira (24).

Se você tem algum caso para contar ou alguma pergunta para fazer sobre vida em condomínio, envie para nós. Você pode falar dos problemas com vizinhos ou mostrar alguma solução criativa que seu prédio encontrou para melhorar a vida das pessoas.

“Você ter que manobrar o carro na hora não dá. Você está tomando banho, toca o interfone, você tem que tirar o carro. Ou às vezes você pega uma pessoa mais chatinha e ela te incomoda o tempo todo”, diz a dentista Elaine Oliveira.

Leandro Leal, síndico na época, cansou de receber reclamação e redesenhou a planta da garagem. "Na época, eu e o subsíndico descemos ma madrugada na garagem com fita adesiva, trena, e fomos medindo aonde podia criar uma vaga.”

Na época, alguns cantos criaram polêmica.

“O pessoal ficou muito desconfiado e apreensivo com a vaga que ficava na beira da rampa. Muita gente tinha medo da pessoa chegar com sono, meio alterado e acabar pegando embalo e bater, mas isso nunca aconteceu.”

A garagem ainda não é dos sonhos, pois 15 vagas ainda continuam presas. Como não sobrou nenhum centímetro a mais, o morador tem que torcer para ganhar o sorteio que acontece a cada dois anos. “Se eu pegar uma vaga presa, eu alugo a minha e paro num estacionamento. Não tem jeito aqui”, relata a professora Elaine Poletine.


Serviço

 


Fonte: www.g1.com.br