O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Segurança

Agressão policial

Jovens apanham de PMs que também invadiram unidades de condomínio, em RR

Publicado em: sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Gêmeos dizem ter sido agredidos por policiais do 'Ronda no Bairro', em RR

Eles têm marcas no corpo; 'Me chamaram de 'vagabundo'', diz jovem. Corregedoria da Polícia Militar vai investigar as supostas agressões.
 
Os gêmeos Fábio e Fabiano de Souza, de 18 anos, procuraram o G1 para relatar uma suposta agressão que teriam sofrido por parte de policiais do 'Ronda no Bairro'. Segundo os jovens, as agressões ocorreram no condomínio Auaris, no bairro Cidade Satélite, zona Oeste de Boa Vista, na noite de segunda (21). De acordo com a assessoria de comunicação da Polícia Militar, a Corregedoria vai investigar o caso.
 
Segundo Fabiano de Souza, ele foi o primeiro a ser agredido. Ele narra que, por volta das 23h30 da segunda, estava no condomínio onde mora com a família quando foi abordado por seis carros do 'Ronda no Bairro', um veículo do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e uma equipe do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).
 
"Eles entraram no condomínio e questionaram sobre o que eu estava fazendo. Disse que estava saindo da casa de uma amiga e indo para a minha residência. Foi então que os policiais do 'Ronda no Bairro' começaram a ser violentos. Me chamaram de 'vagabundo' e de outros termos. Fiquei assustado com a abordagem e revidei explicando que não estava fazendo nada de errado", disse Fabiano.
 
Ainda de acordo com o jovem, os policiais o seguiram até a casa dele e agrediram os parentes e moradores que tentaram socorrê-lo. "Meu irmão [Fábio] correu para me ajudar. Os policiais se irritaram e bateram nele também", contou.
 
A síndica do condomínio, Danuza Chacon, conversou com a reportagem e disse que os jovens e outros 5 moradores do local sofreram agressão física e verbal. "Fomos ajudá-los e acabamos levando empurrões e ouvindo xingamentos das equipes do 'Ronda no Bairro'", sustentou, acrescentando que os policiais invadiram diversas casas do residencial. "Eles entraram nas casas das famílias, 'reviraram' os nossos bens e até bateram em um senhor".
 
Após serem detidos e encaminhados à Central de Flagrantes no 5° Distrito Policial, os jovens foram liberados às 6h de terça-feira (23). Eles procuraram o Instituto Médico Legal (IML), se submeteram aos exames e registraram a denúncia na Corregedoria da Polícia Militar.
 
"Temos marcas no corpo que mostram as agressões dos policiais. Meu irmão teve um dente quebrado e eu tenho a marca do cassetete dos policiais nas minhas costas", contou Fábio de Souza.
 
Outro lado
 
Por meio de nota, a assessoria de comunicação da Polícia Militar informou que será instaurado um procedimento administrativo na Corregedoria para apurar o caso.
 
"Por enquanto, a Polícia Militar de Roraima não fará juízo de valor e só se manifestará após a conclusão dos trabalhos", encerra a nota.

Fonte: http://g1.globo.com/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...