O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Segurança

Crime em Sorocaba

Jovens roubaram do condomínio onde moram, síndico desconfiou

Publicado em: quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Dupla que furtou próprio condomínio 'abusou da confiança', diz síndico

Homem, que também é delegado, desconfiou da ação e acionou a polícia. Câmeras flagraram dupla levando produtos de apartamentos em Sorocaba.
 
A desconfiança de um síndico que fez com que dois rapazes fossem detidos por furtarem os apartamentos do condomínio onde moravam, no bairro Campolim, em Sorocaba (SP). Emerson Martins, que também é delegado em São Paulo, percebeu a ação dos suspeitos e acionou a polícia. Imagens de câmeras de segurança registram a movimentação da dupla no conjunto de prédios. (Veja o vídeo acima)
 
O vídeo mostra os dois rapazes, de 23 e 29 anos, caminhando pelo condomínio com uma mochila nas costas, onde guardavam os objetos furtados.
 
“Provavelmente eles abusaram da confiança por serem moradores. Eles achavam que estavam seguros e livres de qualquer suspeita”, acredita Emerson.
 
Segundo a polícia, a dupla ficava em média 10 minutos dentro dos apartamentos e só escolhia as sacadas, já que era mais fácil de entrar. Para arrombar as janelas, eles usavam uma chave de fenda, que foi apreendida. Entre os objetos encontrados estão joias, bebidas, produtos eletrônicos e perfumes importados.
 
Eles teriam furtado os produtos em dois imóveis do condomínio e do salão de festas.
 

"Desvio de conduta"

 
Em entrevista ao G1, o delegado responsável pela investigação, José Ordele Alves Lima Júnior, afirma que os rapazes não têm antecedentes criminais e, durante depoimento, disseram que começaram a praticar o crime por "necessidade."
 
Os rapazes São de Capão Bonito, mas moram em Sorocaba. Eles trabalhavam juntos em uma empresa de polimento de veículos e, segundo o delegado, ainda não se sabe se eles estão envolvidos em outros crimes.
 
"Perguntei porque eles fizeram isso e eles disseram que estavam desempregados. Parece ter sido um desvio de conduta. Eles encontraram facilidade para praticar o crime e o cometeram", explica.  
 
O chefe de investigação da Polícia Civil Gerson Góes diz que o próximo passo é identificar os compradores dos produtos roubados pelos jovens. "Em depoimentos, eles disseram que já têm compradores para os objetos furtados. Agora, a gente quer saber qual a relação dessas pessoas com a dupla", diz.
 
Os jovens, que vão responder por furto qualificado, foram ouvidos e liberados, já que não houve flagrante. As pessoas que compraram os produtos furtados pelos rapazes podem responder por crime de receptação. Um dos consumidores, que comprou uma televisão de 42 polegadas por R$ 250 e um notebook por R$ 350 foram recuperados e receptador indiciado. 

Fonte: http://g1.globo.com/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...