O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Segurança

Violência em Goiânia

Homem é espancado na porta da garagem de seu condomínio

Publicado em: quarta-feira, 13 de agosto de 2014

'Mundo está perdido', diz homem espancado na garagem de prédio

Justiça determinou 45 dias de internação para menores envolvidos no crime. Câmeras filmaram trio batendo em vítima com paus e pedras, em Goiânia.
 
O homem de 50 anos espancado por três jovens na garagem do prédio em que mora, no Setor Bela Vista, em Goiânia, afirma ter pensado que iria morrer na madrugada do último dia 4.  Apesar de ter recebido alta médica, a vítima, que prefere não se identificar, ainda possui as marcas da violência no rosto e no pescoço.
 
"Dei muita sorte, acho que poderia ter acontecido o pior, a morte. Acho que esse mundo está perdido, estamos em um caminho sem volta", lamenta a vítima.
 
As câmeras de segurança do edifício registraram o momento em que o trio aborda o morador, ainda do lado de fora do prédio, e quando a vítima corre para dentro da garagem, onde é golpeada. O homem afirma que não reagiu. "Não tive nenhuma chance de defesa, um contra três já é difícil, ainda mais com pau e pedra", diz a vítima.
 
Após a agressão, ele foi socorrido por vizinhos e encaminhado a um hospital de Goiânia. Diagnosticado com traumatismo craniano, o homem ficou quatro dias internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ele recebeu alta médica na sexta-feira (8).
 
Menores
 
Um dos adolescentes que cometeu o crime, de 16 anos, foi apreendido no dia do fato ao voltar ao local do crime e revirar os bolsos da vítima. No momento, o menor foi imobilizado por dois moradores do prédio, que chamaram a polícia.
 
As imagens ajudaram na identificação dos outros suspeitos. Um deles, de 17 anos, foi detido na sexta-feira (8). O terceiro jovem que aparece na gravação já foi identificado, mas continua foragido. Segundo a polícia, ele tem 18 anos.
 
De acordo com o titular da Delegacia de Polícia de Apuração de Atos Infracionais (Depai), Kleyton Manoel Dias, os menores já cometeram vários delitos.
 
"Os três já eram conhecidos antigos da Depai, só este ano já foram presos duas vezes por tráfico de drogas e por roubo. Roubo bastante semelhante, agride a vítima, espanca e subtrai os objetos da vítima em via pública", afirma o delegado.
 
Os menores foram indiciados por tentativa de latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte. A Justiça determinou uma internação provisória de 45 dias para os dois adolescentes, mas o período pode ser prorrogado.
 
Câmera de segurança
 
As câmeras de segurança do prédio onde o homem mora registraram toda a perseguição e agressão. A vítima começou a ser atingida com pauladas e socos ainda do lado de fora do edifício. Ao ver o portão da garagem sendo aberto, o morador correu para o local, mas foi seguido pelo trio.
 
O espancamento continuou na garagem até que a vítima ficasse desacordada. Em seguida, os suspeitos fugiram sem levar nenhum objeto. Porém, de acordo com a investigação, um deles, um menor de 16 anos, voltou ao local e começou a revirar os bolsos da vítima. Nesse momento, ele foi imobilizado por um morador do prédio, que chamou a polícia.
 
“Ele estava desmaiado aqui na garagem do nosso bloco, e um dos assaltantes, no caso, estava simplesmente revistando o bolso da vítima e o meu filho imobilizou ele até que a polícia chegasse”, contou a mãe do morador, que não quis se identificar.

Fonte: http://g1.globo.com/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...