O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Segurança

Vítima de furto

Ladras entram em apartamento sem arrombar porta e levam joias

Publicado em: sexta-feira, 15 de junho de 2012

Moradora revela ter sido vítima de mulheres que furtam prédios de luxo

Ela quer saber como suspeitas entraram no apartamento sem arrombá-lo. Vídeo mostra dupla disfarçada de domésticas para praticar crimes em Goiânia.
 
A professora e também moradora do apartamento que foi invadido por duas mulheres que se passaram por domésticas quer saber como a dupla conseguiu as chaves e sabia a localização exata das joias. “A sensação é de muito medo e impotência. É como se a todo momento elas fossem adentrar a minha intimidade”, relata a vítima, que preferiu não se identificar. O vídeo foi divulgado pela polícia na terça-feira (12).
 
“Elas [as suspeitas] sabiam onde estavam as minhas joias. Sabiam qual o armário. Sabiam exatamente em que local teriam acesso. De onde partiram as informações, quem são essas pessoas e por que elas entram tão destemidamente nos prédios”, indaga a professora.
 
 
As imagens (veja vídeo acima) mostram a naturalidade com que elas agiram na tarde de sábado (9), no Setor Bela Vista, em Goiânia. O vídeo das câmeras de segurança mostra que duas mulheres passam pela portaria do prédio - que é de alto padrão - sem nenhuma identificação. A morena chega sem nada nas mãos, mas depois sai levando uma bolsa contendo joias e dinheiro.
 
A moradora chegou ao apartamento às 20h30 no mesmo dia e, em um primeiro momento, não percebeu nada de estranho, pois não havia sinais de arrombamento. O furto só foi descoberto quando ela foi até o quarto. O armário onde as joias e o dinheiro eram guardados – e estava trancado com chave – foi arrombado.
 
Esse mesmo tipo de ação já foi flagrado em outros prédios. Imagens feitas durante o carnaval mostram as mesmas mulheres entrando e saindo sem serem incomodadas. Além de objetos de valor, levaram também as sombrinhas das vítimas. Segundo a Polícia Civil, elas agem em feriados e já passaram por pelo menos sete prédios em Goiânia.
 
O delegado do 8º Distrito Policial Gilberto Marinho, que investiga o caso, acredita que existe conivência de pessoas dos prédios. Ele espera que a divulgação das imagens ajude na identificação das suspeitas. Quem tiver informações sobre o caso pode telefonar para o 8º DP: (62) 3201-7072.
 

Precaução

Na opinião do especialista em segurança Ivan Hermano Filho, os condôminos também podem tomar algumas precauções para evitar esse tipo de problema. Segundo Ivan, um dos erros mais comuns é deixar a chave da casa ou do apartamento com funcionário, prestador de serviços ou mesmo com um vizinho. “Isso não é o ideal. As pessoas têm que aprender que muitas vezes a comodidade é inimiga da segurança”, destaca.
 
Outro erro bastante frequente, segundo o especialista, é permitir a entrada de pessoas estranhas no condomínio.
 
“Algumas vezes, quando o morador está passando pela portaria do condomínio, vê que tem alguém entrando, e permite que aquela pessoa entre sem sequer saber de quem se trata. Pode ser que esteja abrindo a porta para um bandido”, alerta Ivan.
 
De acordo com Ivan, os prédios utilizam fechaduras muito simples e isso facilita o trabalho dos ladrões que tenham um mínimo de conhecimento em abertura de portas e dois pedaços de arame. “Pode ser que essas mulheres [flagradas no vídeo] nem estivessem com a chave do apartamento, mas tivessem um mínimo de noção para abrir a fechadura”, comenta.
 
O especialista sugere que o condômino coloque no apartamento uma chave tetra, que é mais difícil de abrir, e é um artigo de segurança acessível.
 
O consultor alerta ainda que já existem quadrilhas especializadas em burlar os controles remotos dos portões de garagens. Ele observa que assim como o porteiro faz facilmente a configuração do controle remoto, o bandido também pode fazê-la.
 
“Muitas pessoas, às vezes, deixam o carro lavando na rua, em lavajato ou em outros locais. Nessas ocasiões, pessoas inidôneas podem pegar esse controle, abrir e ver o tipo de codificação existente, fazer uma cópia e, a partir daí, entrar e invadir o prédio de uma forma tranquila, sem ninguém perceber, pela garagem, com o controle remoto”, orienta.

Fonte: http://g1.globo.com

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...