O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Segurança

Ação contra tráfico

PM prende suspeitos em condomínio de Mogi

sexta-feira, 12 de julho de 2019
WhatsApp
LinkedIn

PM prende suspeitos de tráfico de drogas em condomínio de Mogi

Segundo os policiais, um dos jovens tentou pular o muro do condomínio para fugir

A Polícia Militar prendeu três jovens em um condomínio de Mogi das Cruzes na noite de quarta-feira (10). Segundo os policiais, eles estavam traficando drogas no local. Os policiais militares relataram que encontraram com o grupo porções de maconha, cocaína e crack, além de um total de R$ 416.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado no 1º Distrito Policial, por volta das 19h50, policiais militares foram até um condomínio no Distrito de Jundiapeba.

Os policiais afirmaram que no local é comum o tráfico de drogas. Uma parte da equipe ficou fora e outra parte entrou no local.

Um dos policiais relatou que viu um homem tentando fugir do condomínio, pulando um muro.

Segundo o policial, o rapaz de 18 anos levava uma sacola plástica nas mãos. Ele disse que a sacola ficou presa na cerca e o suspeito foi detido.

Em revista pessoal nada de ilícito foi encontrado com ele, mas, na sacola, segundo a polícia, havia 51 invólucros de cocaína, 41 de maconha, 51 de crack e R$ 402.

Outros policiais localizaram dentro do condomínio dois jovens de 21 anos. Um deles disse trabalhar como ajudante e, segundo os policiais, quando viu a PM começou a gritar “molhou! molhou!”.

De acordo com a polícia, essa foi uma forma de alertar os outros traficantes que atuam no condomínio sobre a presença da PM no local.

Os policiais afirmaram que o jovem de 21 anos jogou uma sacola plástica fora ao ver os policiais. Segundo a polícia, nela havia 26 invólucros de cocaína, 19 de maconha, 118 de crack e R$ 14.

Segundo os policiais, o estudante de 18 anos confessou o tráfico e disse que fazia isso porque a mãe estava desempregada e a família passava dificuldades. Já o ajudante e o jovem negaram a prática do crime, dizendo que foram ao local comprar drogas.

Na delegacia, o estudante contou que há dois meses trabalhava com o tráfico. Ele declarou ainda que a cada R$ 1 mil vendido, ganhava R$ 100.

O estudante afirmou que o jovem e o ajudante são meros usuários de drogas que iam sempre ao local adquirir entorpecentes.

O rapaz de 21 anos contou que mora no condomínio e que o ajudante tinha acabado de chamá-lo para os comprarem drogas. Já o ajudante deu a mesma versão que jovem.

Ele negou que gritou “molhou, molhou” e que tentou fugir. As drogas foram apreendidas e periciadas.

Os três rapazes foram presos e encaminhados para a cadeia de Mogi das Cruzes.

Fonte: g1.globo.com

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...