O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Mercado

Alto luxo

Condomínio mais caro de toda a Europa fica em Andaluzia, Espanha

Publicado em: sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

La Zagaleta. O condomínio mais caro da Europa

O condomínio mais caro da Europa fica na Andaluzia. Casas que podem chegar aos 25 milhões de euros, um clube de golfe cujas quotas custam 90 mil euros, e cavalos são exemplos do que se pode encontrar.
 
 
Fica em Espanha, na Andaluzia, tem golfe, um centro hípico, 900 hectares no meio de montes, mais de 230 casas com tamanhos entre os 3 mil e os 10 mil metros quadrados e preços entre os 5 e os 25 milhões de euros. Chama-se La Zagaleta. Este é, no fundo, o condomínio mais caro da Europa.
 
São raras as pessoas que, não vivendo lá, entram no complexo localizado à saída de Málaga, na famosa Costa do Sol. No entanto, o jornal El Mundo visitou-o e conta que para manter uma residência é necessário gastar cerca de 70 mil euros por ano. Além disso, a quota para se pertencer à comunidade ronda os 5 mil euros.
 
Foi Enrique Pérez Flores que teve a ideia de criar um complexo com ares do Mediterrâneo e do Norte de África. Para isso, Flores, que hoje é presidente honorário de La Zagaleta, planeou construir cerca de 3 mil vivendas mas o número desceu bastante para garantir a manutenção da paisagem natural.
 
O primeiro dono da propriedade foi Adnan Khashoggi, um traficante de armas saudita que batizou o condomínio como Al Baraka. Construiu aí uma mansão que foi posteriormente embargada devido aos processos que enfrentava nos Estados Unidos. As propriedades foram então colocadas a leilão e atribuídas a um grupo de investidores espanhóis, suíços, alemães e americanos. Hoje em dia, o presidente de La Zagaleta é Oswald Grübel, antigo conselheiro delegado da UBS e ex-CEO do Credit Suisse.
 
Sabe-se que, antes de existirem as luxuosas casas, Athina Onassis aprendeu a montar naquela zona. Mas sobre quem ocupa atualmente as residências sabe-se pouco – discrição acima de tudo, é o lema.
 
Mas o El Mundo diz que já por lá passaram empresários como Hans Sook, fundador da Orange Telecom, Jürgen Bartels, antigo CEO da cadeia de hotéis Starwood e o Lord Stanley Fink, que entre altos cargos em várias empresas foi o responsável pelas finanças do Partido Conservador britânico. Estes, tal como qualquer residente, puderam aproveitar do aluguer de helicópteros para se deslocarem.
 
O mármore, as obras de arte, ginásios, garagem para seis carros, sala de jogos, bares, cinemas, apartamento de visitas, banho turco entre outras coisas são alguns dos luxos disponíveis em algumas das habitações.
 
O centro hípico conta com 20 cavalos de raça e esses também têm as suas próprios mordomias – água morna, champô e amaciadores no banho sempre que são montados e um sistema de ventilação que assegura que as suas boxes tenham a temperatura adequada.
 
Como já foi dito existe também um clube de golfe para os amantes da modalidade. Para se ser sócio, a quota custa nada mais nada menos do que 90 mil euros.

Fonte: http://observador.pt/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...