O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Convivência

Áreas comuns

Malhar no próprio condomínio pode ser alternativa para a boa forma

Publicado em: terça-feira, 19 de abril de 2016

Exercícios físicos em condomínios

Mesmo para quem tem preguiça de sair de casa e ir à academia, é possível exercitar até no seu prédio
 
Em meio ao dia a dia corrido e à rotina estressante, nem sempre é possível encontrar tempo ou mesmo forças para cuidar do corpo. Entretanto, isso não é mais desculpa para levantar da poltrona e praticar uma atividade física. Mesmo para quem tem preguiça de sair de casa e ir à academia, é possível se exercitar até no seu prédio ou casa, se você mora em um local com espaço livre.
 
A prática ganha cada vez mais adeptos pelas suas vantagens. A comodidade é um grande diferencial. Não é preciso enfrentar trânsito nem perder tempo se deslocando até a academia. Basta possuir um espaço como salão de festas, quadra poliesportiva ou piscina e já é possível fazer diversas atividades, como musculação, dança, artes marciais, esportes e outras.
 
A administradora Karime Aoun é uma das que optaram pela prática. Ela conta que além da comodidade, se exercitar no seu prédio é uma atividade muito mais dinâmica do que ir à academia.
 
“Os professores são muito mais presentes, prestam atenção à execução de cada movimento e corrigem nossa postura a todo momento. A diferença de preço não é muito grande e os resultados são melhores”, elogia.
 
O hábito se tornou tão popular que diversos profissionais de educação física oferecem seus serviços nas residências. É o caso da Equilíbrio Funcional, empresa de assessoria esportiva que atua tanto em aulas coletivas quanto no serviço de personal trainer em condomínios. “Oferecemos aulas de musculação, treinamento funcional, entre outras atividades. Além da comodidade para os alunos, existe também a parte da interação entre os vizinhos, que se exercitam e cuidam da saúde juntos”, diz um dos sócios da empresa, Gustavo Melo.
 
“Trabalhamos com movimentos que envolvam músculos que são mais exigidos no dia a dia, com exercícios de empurrar, agachar, saltos e outros”, completa o também sócio Mateus Lima. Os professores apontam que é importante conhecer o espaço onde as atividades irão ocorrer para garantir a segurança dos alunos e realizar as adaptações necessárias. “Utilizamos alguns materiais nas aulas, mas vários exercícios são realizados com o próprio peso corporal do praticante”, explica Mateus.
 
Quem procura atividades diferentes de ginástica e musculação também possui opções. A professora Elisabete Peres trabalha com natação e hidroginástica e conta que muitos pais das crianças que ensina também se tornam seus alunos. “Normalmente [o aluno] é alguém que já me conhecia antes. A aula é a mesma que aconteceria em uma academia ou escola de natação. Claro que é preciso realizar algumas adaptações de acordo com a piscina, mas o trabalho personalizado faz com que o aluno ganhe uma atenção que não teria em outro lugar”, compara.
 
Para aqueles que gostam de lutas, a Rover Group oferece aulas de modalidades como muay thai, jiu-jitsu e kickboxing, além de contar com acompanhamento de profissionais como nutricionista e fisioterapeuta esportivo. Os professores atendem pequenos grupos que podem chegar até a oito alunos, levando todo o material necessário, como aparadores de chutes e placas de tatame, nas residências.
 
A blogueira Juliana Latache pratica muay thai no seu prédio há seis meses e acredita que a sua evolução na modalidade foi mais rápida do que seria em uma academia. “Já tinha treinado antes em outros locais, mas agora o aprendizado é maior e o treino é muito mais intenso. Além de todos os benefícios do exercício físico, a comodidade faz a diferença, já que não existe preguiça para sair de casa”, elogia.
 
O diretor da Rover, Raphael Amorim, acredita que o contato entre professor e aluno é reforçado quando as aulas acontecem com um número menor de pessoas.
 
“A atenção é maior e o acompanhamento é completo. O aluno pode escolher o espaço e nós adaptamos o treino de acordo com o local. Além disso, a possibilidade do horário poder ser alterado constantemente também ajuda, já que nem sempre é possível para o praticante ter uma agenda fixa”, afirma ele.
 

Fonte: http://www.diariodepernambuco.com.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seç��o é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...