O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Segurança

Assalto a condomínio

Novos residenciais em Cuiabá sofrem com crime organizado

Publicado em: terça-feira, 10 de março de 2015

Ladrões levam pânico aos condomínios e prédios em Cuiabá

Câmeras de segurança, cercas elétricas, alarmes e até segurança armada não têm sido suficientes para impedir a ação de criminosos em furtos e roubos a condomínios e prédios residenciais de Cuiabá;. Na última semana, por exemplo, várias famílias foram surpreendidas com objetos, joias e dinheiro levados pelos bandidos.
 
A Polícia descarta qualquer formação de quadrilha especializada neste tipo de crime e aponta o repasse de informações privilegiadas a respeito da rotina dos moradores como responsável pelas ações já registradas. Na maioria dos casos, a ausência de pessoas no momento do assalto facilitou a entrada e saída despercebida dos criminosos.
 
Apartamentos com portas e janelas destrancadas também podem ter contribuído com a invasão. Moradora há 10 meses de um condomínio fechado no bairro Parque das Nações, próximo à Rodovia Emanuel Pinheiro, em Cuiabá;, local onde os roubos começaram a ser constantes, Lidiany Tolentino, 25, já está prestes a se mudar novamente.
 
O motivo é a onda de assaltos ocorridas na região nos últimos meses. Segundo ela, assim que o contrato de aluguel do imóvel for encerrado em abril irá para outro local na companhia do marido. No condomínio em que mora, dois furtos foram registrados em um intervalo de três meses.
 
Por conta disso, o medo de ser a próxima vítima a fez tomar a decisão de deixar o apartamento.“Eu me mudei para cá para me sentir mais segura, mas agora não dá mais. A gente fica com medo porque não sabe o que pode acontecer. Nos assaltos ocorridos aqui no condomínio ninguém foi rendido ou ferido, mas quem garante que será assim sempre? Vamos embora em abril e ir para outro condomínio um pouco menos distante da cidade”.
 
De acordo com o zelador do condomínio, Eliseu Porto Lima, um dos moradores que teve o apartamento invadido acabou indo embora do local depois do ocorrido. Ele conta que os dois imóveis estavam situados no térreo, o que colaborou para a entrada dos criminosos.
 
“Ele estourou a cerca elétrica e pulou o muro. Em seguida, foi até um apartamento do térreo e levou cerca de R$ 5 mil em notebook, dinheiro, celulares e outros objetos.Já no outro caso, o morador se deparou com a porta arrombada e o apartamento revirado”.
 
Bairros como Beira Rio, Jardim Imperial, e a região do Coxipó, onde dezenas de condomínios fechados estão sendo construídos e entregues, são as áreas de maior atuação dos assaltantes. Com um perfil de moradores formado por recém-casados, jovens, estudantes e profissionais liberais que passam grande parte do dia fora de casa, a escolha pelas vítimas acaba tornando-se mais fácil para os criminosos.
 
Responsável pelas investigações de alguns desses casos, a titular da Delegacia de Roubos e Furtos de Cuiabá; (Derf), Elaine Fernandes, afirma que os autores do crime, geralmente, possuem alguma ligação com o ambiente invadido. De prestadores de serviços, como piscineiros, porteiros e entregadores de alimentos a amigos e vizinhos, qualquer um ajuda com informações a respeito do cotidiano dos moradores.
 
“São casos onde os executores do crime utilizam-se de informações privilegiadas para terem acesso mais fácil aos imóveis das vítimas. Por conta disso é que não acreditamos na formação de quadrilhas especializadas para este tipo de ação. Estes criminosos estão se aproveitando de ocasiões propícias para a realização dos furtos e roubos”.
 

IMAGENS

 
"Ninja”, é como é chamado por moradores e funcionários um dos assaltantes que entrou no mesmo condomínio no bairro Parque das Nações em menos de três dias. Câmeras do circuito interno de segurança mostram a ação do criminoso, que após isolar a cerca elétrica com um pedaço de madeira, conseguiu entrar no local.
 
De forma rápida e com muita habilidade, o indivíduo escala e pula muros sem nenhuma dificuldade. Levando notebooks, celulares e objetos, o assaltante não foi visto por moradores e fugiu em seguida. O primeiro registro foi na madrugada do último domingo (1º) e o segundo, por volta das 3h de terça-feira (03).
 
De acordo com o zelador do condomínio, nas duas ocasiões, o porteiro estava dormindo no momento em que a ação era praticada.Síndico do local, Éder Antônio da Silva diz que as imagens já foram repassadas para a Polícia para contribuir com as investigações. Questionado se conseguiu identificar quem seria o assaltante, Éder responde que aparentemente não é alguém que já tenha frequentado o condomínio.
 
“Já olhei várias vezes e acredito que não seja conhecido. Ele entrou em apartamentos do térreo, que além de serem mais fáceis de entrar, alguns estavam com as portas das sacadas abertas, ou seja, ele não teve dificuldades para acessá-los. Os moradores só viram o que aconteceu no outro dia, quando o apartamento estava todo revirado e os objetos levados”.
 
Síndico de outro residencial na mesma região, Willian Rodrigues dos Santos revela que em seu condomínio sete moradores já tiveram apartamentos roubados no ano passado. “É uma insegurança total”.A delegada Elaine Fernandes critica a falta de cuidado dos responsáveis pelos condomínios em fiscalizar e registrar todas as pessoas que por algum motivo adentrem os locais, seja para visitas ou prestação de serviços. “Infelizmente, não existe uma redoma de segurança nestes condomínios, mesmo com câmera e alarme. É preciso que os administradores prestem muita atenção e cuidado com as pessoas que contratam para trabalhar, assim como indivíduos que passem pelos apartamentos”.
 

Fonte: http://www.cenariomt.com.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...