O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Ambiente

Ataque de escorpiões

Em Barra Mansa, condomínio sofre com insetos e prefeitura não quer fazer nada

Publicado em: sexta-feira, 17 de agosto de 2012

 Moradores de condomínio cobram solução para infestação de escorpiões

Moradores estão assustados com uma infestação de escorpiões em alguns apartamentos do Condomínio Morada do Sol, no bairro Bocaininha.
 
Segundo a dona de casa Ivone de Fátima Gomes Carvalho, os escorpiões começaram a aparecer há cerca de dois meses, principalmente em apartamentos do Bloco 20, onde ela mora.
 
- Estamos nos sentindo totalmente desamparados. Pagamos quase R$ 180 de condomínio e R$ 156 de IPTU, para não termos nenhuma ajuda. Moro aqui há 20 anos e nunca tinha visto no meu apartamento. Eles caem do alçapão do telhado e somos surpreendidos dentro de casa. Há 11 anos teve o mesmo surto aqui, mas não foi tão alarmante como desta vez - contou ela.
 
Ivone explicou que o síndico do condomínio chegou a colocar duas galinhas no telhado do prédio atendendo a solicitação dos próprios moradores.
 
- As galinhas são predadoras dos escorpiões, mas um morador do quarto andar reclamou e o síndico as retirou do telhado. Até organizamos um abaixo-assinado pedindo que ele colocasse novamente as duas galinhas, mas nada foi feito - disse a dona de casa.
 
Ainda segundo Ivone, uma de suas vizinhas deixou o apartamento com a filha de 10 meses e foi morar com a mãe, após ter encontrado quatro escorpiões em apenas uma semana.
 
Os moradores afirmaram que já entraram em contato com a Prefeitura de Barra Mansa e com o setor de Zoonoses, mas foram informados de que nenhuma intervenção pode ser feita por se tratar de um condomínio particular.
 
- Nesses dois meses, graças a Deus nenhuma pessoa foi picada, mas essa é a nossa preocupação. Eu tenho um filho de 13 anos e o meu neto de 2 almoça aqui todos os dias, não estou nem dormindo e não tenho mais paz. É revoltante, porque se a prefeitura não pode fazer nada porque é um condomínio particular então não precisamos pagar os impostos. Eles deveriam, no mínimo, tomar providências ao redor do condomínio. À margem do rio, por exemplo, vive cheia de entulhos e eles não fazem nenhuma limpeza - afirmou.
 
Os moradores também acreditam que o descarte irregular de mercadorias, nos fundos de um supermercado que fica ao lado do condomínio pode ser uma das causas da infestação.
 
- O pessoal do mercado deixa acumular várias mercadorias velhas e estragadas na área do fundo e isso colabora para a infestação de baratas, que atraem os escorpiões ao nosso prédio. Já denunciei na Vigilância Sanitária e Defesa Civil, mas ninguém toma providência - falou um dos moradores.
 
Ivone informou que irá fazer um abaixo-assinado com todos os moradores dos 11 blocos, sendo que cada um conta com 32 apartamentos.
 
- Vou recolher as assinaturas e entregar na prefeitura. Porque se nenhuma providência for tomada vamos parar de pagar o IPTU. Não adianta fazer essas dedetizações comuns, pois elas ajudam apenas a dispersar os escorpiões. Já pesquisamos e o inseticida que combate esses animais custa muito caro, mas o setor de Zoonose tem o material disponível e poderia nos ajudar - finalizou a dona de casa.
 
Em nota, a Secretaria de Saúde, através do setor de Zoonoses, informou que, como se trata de um condomínio particular, cabe aos moradores o monitoramento e as providências e que o setor pode auxiliar dando orientações aos moradores. Em relação ao entulho acumulado à margem do rio, a prefeitura informou que enviará uma equipe do programa ‘Cuidando da Cidade' ao local para tomar as devidas providências.

Fonte: diariodovale.uol.com.br

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...