O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Segurança

"Clientes de imobiliária"

Ladrões invadem condomínio sem violência, em Ribeirão Preto

quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Ladrões fingem ser clientes para obter chaves em imobiliárias e furtar imóveis em Ribeirão Preto

Em dois casos, imagens de câmeras de segurança apontam que suspeitos invadiram edifícios sem arrombamento, dizem síndicos. Polícia tenta identificar e prender criminosos.

Síndicos de prédios em Ribeirão Preto (SP) desconfiam que ladrões têm se passado por clientes em imobiliárias para obter cópias das chaves e furtar os imóveis. Em dois casos, imagens de câmeras de segurança apontam que os suspeitos invadiram os edifícios sem arrombamento.

Com medo de que mais apartamentos sejam alvos de criminosos, os condomínios têm barrado a visitação de futuros moradores que não estejam acompanhados por corretores ou pelos donos dos imóveis.

Crimes

Uma das tentativas de furto no fim de outubro foi contra um prédio no Jardim Botânico, Zona Sul de Ribeirão Preto. Dois homens abriram o portão social durante a tarde e foram até a sala de monitoramento das câmeras, onde conseguiram o controle remoto da garagem. As imagens mostram quando eles estacionam o carro deles no interior do edifício com o objetivo de facilitar o carregamento dos objetos furtados dos apartamentos.

“Eles iam fazer um limpa no apartamento. Não tinha ninguém aqui. Eles deram de cara com uma funcionária e ficaram assustados. Fugiram sem levar nada. Eles disseram que vieram visitar uma irmã, mas essa pessoa não existia. Passaram um nome e não tinha ninguém com esse nome morando no prédio”, diz a síndica Marcela Garrido da Fonseca Villena.

Após a ação, Marcela providenciou mudanças nos acessos ao condomínio, inclusive a respeito da entrada e da saída de visitantes.

“Trocamos tudo para dificultar a entrada de pessoas estranhas. Pessoas para locar só mediante acompanhamento dos corretores ou da minha pessoa”, afirma Marcela.

No feriado da Proclamação da República, ladrões foram flagrados pelas câmeras de um prédio no bairro Jardim Palmares, Zona Leste. Três homens entraram na garagem e invadiram um apartamento após um deles escalar a varanda do primeiro andar.

Um casal estava em casa, percebeu a movimentação e viu quando um dos ladrões já estava com a TV da sala pronta para ser levada. O trio conseguiu fugir sem levar nada.

Moradores desconfiam que crimes como estes são praticados por pessoas que tiveram acesso a informações importantes sobre a rotina dos edifícios após se passarem por clientes em imobiliárias. Em Ribeirão Preto, é comum a prática de interessados irem sozinhos aos imóveis que pretendem alugar, sem a presença de um responsável.

“Nós não permitimos a entrada de qualquer pessoa seja para comprar ou para alugar sem a companhia do representante da imobiliária ou do proprietário. Temos protocolos de segurança que são distribuídos para todos os porteiros, zelador e outros funcionários para que sejam seguidos à risca para mitigar riscos de qualquer acontecimento fortuito dessa natureza”, diz o síndico Luis Teixeira.

Imobiliárias

Diretor conselheiro do Creci, Antônio Marcos Melo diz que as imobiliárias têm por obrigação disponibilizar um corretor para acompanhar os clientes, mas admite que o serviço nem sempre é feito da forma orientada.

“Isso nem sempre acontece porque às vezes o cliente chega na hora em que o funcionário está ocupado e o cliente precisa ir naquela hora. É uma questão de habilidade e conduzir da melhor forma possível para que não haja prejuízo para nenhuma das partes.”

 

Fonte: https://g1.globo.com/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...