O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Administração

Condomínios populares

Brasília discute problemas das unidades do Minha Casa, Minha Vida

Publicado em: quinta-feira, 17 de abril de 2014

Audiência debate problemas nos condomínios Minha Casa, Minha Vida

Mais de 100 moradores dos empreendimentos construídos pelo programa habitacional do governo federal Minha Casa, Minha Vida, em Jaraguá do Sul, acompanharam ontem, 14, na audiência pública, realizada na Câmara, as explicações dos representantes das construtoras, agentes financeiros e poder público sobre os problemas apontados pelos moradores nos condomínios Dante Minel, Ester Menel e Brasília Beltramini.
 
Na reunião, proposta pelo vereador Jeferson de Oliveira, os síndicos Everson Ribeiro, do Ester Menel, Clemilson José Lopes, do Dante Minel, e Daiane do Carmo, do Brasília Beltramini, reafirmaram, através de imagens, os problemas estruturais nos apartamentos como rachaduras, remendos fora das normas técnicas, drenagem insuficiente. Eles também relataram que ouvem relatos dos moradores sobre os vícios construtivos destes empreendimentos, como inundações, apartamentos sem pisos e ausência de aparelhos sociais nas proximidades, como creches, escolas e postos de saúde.
 
O presidente da Comissão de Proteção Civil da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), deputado estadual Jean Kuhlmann, explicou que vai propor adoção de medidas fiscalizatórias para garantir que as normas técnicas sejam cumpridas. Entre elas, instituir uma junta, composta de engenheiros e técnicos em edificações, para fiscalizar o andamento das obras. A intenção do parlamentar é fazer um trabalho de cooperação em conjunto com o Ministério Público e Ministério das Cidades para encontrar uma solução para estes problemas.
 
O gerente da Caixa Econômica Federal, Volnei Volpat, disse que a instituição é somente o agente financeiro, mas que busca garantir, através do programa “De Olho na Qualidade”, as condições mínimas de moradia. Ele explicou que morador pode avaliar, através de questionário, as condições em que foi entregue o imóvel e apontar seu grau de satisfação com diversos itens da residência, como paredes, piso, forro, laje, portas, janelas e instalações elétricas e hidráulicas, entre outros. 
 
O vereador Jeferson de Oliveira cobrou das construtoras Sul Brasil e Cittá Empreendimentos para que efetuem a manutenção dos imóveis. “Vamos fazer uma visita técnica a esses empreendimentos para buscar uma solução”, disse Paulo Martins, técnico em edificações da Cittá Empreendimentos.

Fonte: http://www.jdv.com.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...