O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Ambiente

Conta de água

Sistema de reuso da água da chuva reduz até 35% da conta

Publicado em: terça-feira, 19 de junho de 2012

 Condomínios economizam com captação de água da chuva

 Atitude pode reduzir em até 35% a conta no fim do mês. 
 
Contribuir com o meio ambiente e economizar. Essas ações têm sido uma constante preocupação dos profissionais que constroem e comercializam imóveis, priorizando novas tendências e inovações. Entre os diferenciais, estão os sistemas de captação de água da chuva, adotados pela maioria dos condomínios recém-construídos. Além de ajudar na preservação do meio ambiente, o aproveitamento dessa água é uma ótima alternativa para os condôminos economizarem dinheiro com o abastecimento. A avaliação é do presidente do Sindicato do Mercado Imobiliário (Secovi/Oeste), Armelindo Carraro.
 
O presidente explica que a redução na conta no fim do mês pode chegar a até 35%, com a instalação do sistema, pois a água captada pode ser usada para a lavagem de áreas comuns, carros, calçadas ou mesmo para regar jardins, flores e plantas. No entanto, a economia pode ser ainda maior se for realizada a troca/instalação de equipamentos hidráulicos (regulador de vazão, arejadores, controladores de vazão, vasos sanitários etc).
 
A maioria dos imóveis construídos recentemente vem com o sistema instalado. No entanto, é possível criar soluções para atender também os condomínios já construídos há algum tempo.
 
“O ideal é que síndicos e administradores levantem os custos e apresentem as possibilidades aos condôminos, de acordo com as necessidades de cada imóvel e perfil de moradores”, observa Carraro.
 
A utilização de calhas nos telhados e em outras áreas impermeáveis pode ser uma alternativa na captação da água da chuva. O processo envolve a canalização, por meio de tubulação hidráulica, e a filtração da água que vai para um reservatório comum, onde é tratada e distribuída para uso não potável.
 
Na avaliação do presidente do Secovi/Oeste, além da economia gerada, a captação também contribui para evitar enchentes e reduzir os problemas de saúde pública, com menos água nas ruas, diminuindo os impactos das chuvas nas cidades. “O primeiro passo é conscientizar os moradores e os administradores dos condomínios para que adotem mudanças de posturas e priorizem os meios sustentáveis”, finaliza Carraro.

Fonte: http://www.jornalnovotempo.com.br

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...