O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Convivência

Dia do porteiro

Profissional é o cartão de visitas do condomínio

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Porteiro: cartão de visita do prédio e essencial para a segurança

No dia 9 de junho é comemorado o Dia do Porteiro e se pararmos para pensar quantas vezes por dia encontramos esse profissional, seja na residência ou escritório, lembraremos o quanto sua presença é essencial para a vida de condomínios comerciais e residenciais.

Apesar de toda evolução tecnológica e a implementação da portaria remota/virtual em alguns locais, a profissão não irá desaparecer tão cedo. O porteiro é a primeira impressão que temos ao chegar a um condomínio.

É ele quem deve ou não autorizar a entrada de visitas, prestadores de serviços ou dos funcionários das unidades. Seu papel na segurança é imprescindível, pois qualquer deslize que possa cometer implicará na vida das pessoas que residem e trabalham no edifício.

Para se tornar um bom profissional da área, algumas empresas oferecem treinamentos específicos com cursos teóricos, práticos, comportamentais e simulações in loco, como é o caso do GRUPO GR, que há 25 anos atua na área de segurança e serviços e realiza treinamentos rigorosos com sua equipe, incluindo simulações para ver se os profissionais estão exercendo suas funções corretamente. 

A profissão de porteiro é uma porta de entrada para outras carreiras dentro de um condomínio, como a de gerente predial, uma função que tem grandes responsabilidades, entre elas os cuidados com o patrimônio e moradores.

Valdeci Pente Filho, com 22 anos, está a 10 meses atuando como porteiro em um dos condomínios que o GRUPO GR atua. Após ficar 7 meses desempregado, Valdeci vê na ocupação uma grade oportunidade de praticar o bem e ajudar as pessoas.

“Eu gosto muito da minha profissão e pretende crescer nela. A parte mais difícil é manter sempre a postura correta e ter calma em diversas situações do dia a dia, mas me sinto muito bem em fazer parte de um todo e contribuir no bem-estar do condomínio. Se sentir respeitado é muito bom”, comenta o jovem porteiro, que trabalha na região dos Jardins de São Paulo.

E quando falamos em segurança, a ação do porteiro é precisa. Por isso as regras de controle de acesso devem ser bem executadas por eles.

“Quando algum criminoso tenta agir em um condomínio, a primeira tentativa é pela guarita. Por isso o controle de acesso é tão primordial em um projeto de segurança e a função do porteiro também. Um bom profissional deve respeitar os procedimentos de segurança e saber lidar com o público, principalmente os condôminos, que tentam burlar as regras e muitas vezes se alteram. Nesses casos, agir com cautela e ser paciente são as melhores soluções”, comenta Alexandre Judkiewicz, Diretor de Operações do GRUPO GR.

 

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...