O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Coluna: De Olho no Mercado

Fazenda solar reduz conta de consumo em condomínios

Sem obras de infraestrutura, burocracia ou multas contratuais, solução de energia fotovoltaica reduz conta de luz em até 15% imediatamente no Rio de Janeiro

Por Inês Pereira
22/04/20 11:31 - Atualizado há 1 ano
WhatsApp
LinkedIn
Sem obras de infraestrutura, burocracia ou multas contratuais, solução de energia fotovoltaica reduz conta de luz em até 15% imediatamente no Rio de Janeiro

Em tempos de quarentena e com a recessão que vai ganhando contornos, fica muito difícil pensar em melhorias para o condomínio. Ainda que sejam necessárias, a maioria dos gestores vai adiando decisões o quanto pode. 

E, pensando bem, quem faria rateio extra ou retiraria dinheiro do caixa hoje, se não fosse uma situação realmente necessária? Mesmo que houvesse uma intenção justificada, como a redução na conta de luz, aprovar uma obra em assembleia seria uma missão quase impossível.

No entanto, com ou sem COVID-19, os problemas que aumentam as taxas condominiais continuam. À medida que a crise econômica se agrava, as despesas que, até aqui, eram colocadas na conta da “normalidade”, ganham novo peso.

Nos condomínios, reduzir gastos será questão prioritária. No mundo condominial, 30% da previsão orçamentária é composta por despesas de consumo pagas a concessionárias, sendo as maiores de energia e água.

“Estas contratações nunca foram formalizadas e e assinadas; logo, tornam os condomínios reféns e sem opção”, diz Henry Willians, responsável comercial da SunOn da divisão condominial e especialista na área de energia. 

O Grupo SunOn, conhecido no mercado pelas soluções em energia fotovoltaica que unem qualidade e eficiência, criou um produto sob medida para a urgência dos condomínios nesse cenário de crise

O SunCondo Farm é uma forma simples e sustentável para o condomínio consumir energia e, principalmente, reduzir custo de área comum. A boa notícia é que não exige investimento inicial para a implementação do projeto — necessidade de qualquer benfeitoria.

Como funciona

Por meio da fazenda solar, o condomínio é cadastrado na concessionária local como beneficiário da geração de energia. Mensalmente, através do consumo do condomínio, é feito um cálculo — consumo em Kwh*Tarifa Concessionária - (10%, 12% ou 15%) — em que é garantido, em contrato, o desconto ao condomínio.

O passo a passo é simples:

  1. O condomínio se cadastra no banco de dados
  2. Passa por uma análise de viabilidade
  3. Recebe o contato da equipe de especialistas
  4. Tem seu crédito analisado e aprovado
  5. Assina o contrato de curta duração sem multa de fidelidade
  6. Começa a usufruir do serviço

Os descontos iniciais variam de acordo com o período de contrato

  • 10% para 12 meses
  • 12% para 24 meses
  • 15% para 36 meses

O contrato não impõe multa para cancelamento. Basta comunicar por escrito, com 120 dias de antecedência. E, se for decidido, pode voltar a consumir a energia da concessionária.

“Nas instalações do condomínio, não muda nada. Todo desenvolvimento de projeto, aprovação junto a concessionária, estrutura de instalação é de nossa responsabilidade e, em local próprio, sem nenhuma alteração estrutural no condomínio, tudo feito por meio de alta tecnologia”, explica Willians. 

A rotina operacional também não muda, pois o condomínio continua recebendo a conta da concessionária com a cobrança residual. E receberá um boleto com a fatura e demonstrativo de geração e indicadores de sustentabilidade.  

Uso da plataforma Prospera

Ao tornar-se cliente SunCondo Farm, é disponibilizado ao condomínio o acesso à Prospera, uma plataforma de serviços financeiros, opcional, que possibilitará a redução gradativa da conta de energia em até 100%.  Da energia gerada na fazenda, o abatimento poderá ser de até 85%, para maior segurança ao condomínio, pois grandes variações no comportamento de consumo, não impactarão na sua conta.  

Inicialmente, o condomínio já tem garantido 10% de desconto na tarifa. Entretanto, quanto mais o condomínio usar a plataforma Prospera, mais desconto na conta ele terá.

A Prospera é composta pelos serviços financeiros de meio de pagamento, serviços de cobrança (emissões de boletos) e transações financeiras (TED, pagamentos). Pode ser usada, inclusive, para parcelamentos de inadimplência em até 12 vezes

Toda a plataforma é garantida e está custodiada pelo Bradesco. Possui, também, o Fundo Garantidor de Crédito (FGC).

Quais os principais benefícios?

  • Redução de custo de tarifa de energia imediata entre 10% e 15%
  • Desconto de tarifa garantido, ou seja, não gerou energia, não paga. Sem risco de pagamentos duplicados para concessionária
  • Nenhum investimento é feito pelo condomínio
  • Contratos de curta duração e sem multa de fidelidade, basta avisar com 120 de antecedência e o cliente é desconectado
  • Sem necessidade de assembleia
  • Sem alteração nas instalações do condomínio
  • Sem alteração na rotina financeira operacional do condomínio
  • Opção de parcelamento, em até 12x, de inadimplência de até R$ 15 mil aos condôminos que, pelo Código Civil (art. 916), parcelam em até 6x. O maior parcelamento ajuda no fluxo de caixa do inadimplente
  • Menos gasto por transações financeiras (emissão de boleto, TED, pagamentos)

Abaixo, um quadro da modalidade de meio de pagamento do programa Prospera:

tabela

Nada muda na estrutura do condomínio

Todo condomínio residencial ou comercial, seja vertical ou horizontal, que tenha conta de energia de área comum a partir de R$ 9.000,00 está apto a participar — variando apenas o percentual de abatimento da conta, que será, no máximo, de 85% do consumo total. 

A obra é feita fora da área do condomínio, incluindo o relógio de medição, que fica na usina. Toda a tratativa para operação do fornecimento da energia é feita através de tecnologia — desde a comunicação com o cliente até a disponibilização dos serviços. 

A rotina do condomínio continua tal e qual é hoje em termos de fornecimento de energia. Qualquer queda de energia não está relacionada à geração remota de energia e não fornece backup. 

O consumo é direto da distribuidora e a SunOn concede créditos no final do mês. A conta vai vir com os créditos destacados subtraindo o valor da conta, de forma que ficará fácil para o condomínio entender o que teve de benefício e redução de conta.

fatura exemplo

O SunCondo Farm e a plataforma Prospera atendem especificamente o estado do Rio de Janeiro, sob a área de concessão da Light. Mas, segundo Willians, o grupo SunOn já está desenvolvendo um plano estratégico para levar o modelo para outros estados do País.

Contratação sem riscos jurídicos para o condomínio

De acordo com a advogada Alessandra Balestieri, sócia da Balestieri Sociedade de Advogados e Diretora da AB Câmara de Mediação do RJ, os atos deliberados em assembleias dão direito de debater temas referentes ao dia a dia do condomínio, conforme artigos 1350 e 1358 do Código Civil.

No entanto, há atos que o síndico pode deliberar sozinho e/ou em conjunto com o conselho, conforme convenção ou regimento interno de cada condomínio. “É prerrogativa do síndico contratar e distratar conforme o que for melhor e mais benéfico para o condomínio", afirma a advogada.

Ela ainda comenta que o síndico pode contar com o apoio do conselho e do jurídico, caso o condomínio tenha, para analisar com cautela o contrato. 

“Além disso, no caso demonstrado, pela empresa SunOn, através do produto SunCondo Farm, haverá considerável redução de custos imediatamente, sem investimento inicial e passivos como trabalhistas, por exemplo. Neste caso, devido ao objeto, não vejo risco na contratação", complementa Balestieri.

Nota: a coluna “De olho do mercado” se refere a informes publicitários. Esse tipo de texto publicitário serve para que um anunciante escolhido pela equipe do SíndicoNet explique como funciona seu produto ou serviço de maneira diferenciada. O SíndicoNet não trabalha com matérias pagas, e essa é a nossa maneira de lhe dizer que esse conteúdo é publicitário, e que foi escolhido cuidadosamente para você, nosso leitor. Caso tenha dúvidas sobre outros conteúdos publicitários no nosso portal, por favor, nos escreva aqui. Isso reafirma o nosso compromisso com a transparência do nosso conteúdo.

Matérias recomendadas

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.