O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Eventos

Guia da Copa 2014

Saiba como se planejar para evitar o cartão vermelho durante os jogos

Publicado em: quinta-feira, 29 de maio de 2014

Não adianta fingir que não vai ter Copa. Porque vai ter sim. E ela já está aí, na nossa porta!

E mesmo que o “clima de Copa” ainda não tenha se instalado completamente pelas grandes cidades do país - talvez pela onda de protestos que vem acontecendo - sabemos que é costume do brasileiro assistir aos jogos da seleção com amigos, em clima de festividades.

Por isso, como a abertura da Copa já está quase por aqui, listamos abaixo alguns cuidados e precauções para que esse evento esportivo não atrapalhe a segurança do condomínio. Mas que mesmo assim todos consigam se divertir e desfrutar desse momento tão esperado!

Uso do salão de festas

Festa para todos

Algo que pode dar certo em muitos condomínios é não permitir a reserva do salão de festas para apenas uma unidade. Em diversos empreendimentos, os moradores  combinam de, juntos, desfrutarem daquele espaço comum.

Nesse caso, vale a pena ver o que ‘casa’ melhor com o estilo do local: se uma vaquinha entre os participantes do evento, para cobrir gastos com comida e bebida, ou aquele esquema de cada unidade traz um prato’.

Quando a opção do síndico for por um evento desse tipo, ele deve tomar algumas precauções:

  • Certificar-se de que os equipamentos multimídias estão em perfeita ordem. Se não estiverem, é possível alugar projetores e telões para os dias de jogo
  • Pensar sobre o consumo de bebida alcoólica no local, já que bebidas em excesso e muita gente junta pode dar algum problema, como menores bebendo. Há também a possibilidade de alguém passar da conta e ficar ‘chato’, o que poderá ser desagradável para todos.
  • Convidar todos os moradores

Festa privativa

Se um evento  com a participação de todos os moradores não é o perfil do condomínio, uma opção também é alugar o salão de festas para quem quiser receber seus convidados.

Nesse caso é importante frisar para os moradores que todas as normas do regulamento interno continuam valendo.

Ou seja, caso algum convidado extrapole seja no álcool, no barulho ou mesmo na alegria, e acabe causando algum dano ao condomínio, o responsável pelo mesmo é o morador que o convidou.

Um ponto positivo de a Copa acontecer em nosso país é o horário dos jogos, que muito dificilmente deverão acontecer até depois das 22h. Ou seja: o horário de silêncio continua valendo.

Outro ponto a ser considerado aqui é a segurança. Então, mesmo que seja final de Copa do Mundo, só entra no condomínio ou sendo autorizado pelo morador via portaria ou então com um nome na lista, providenciado pelo morador, em condomínios onde essa prática seja aceita.

Sem festa

Há ainda condomínios que proíbem o uso do salão em eventos em que haja muita procura, como Natal, Ano Novo e Carnaval. Nesse caso, o condomínio também pode vetar a locação do salão em dias de jogos da seleção.

Segurança

Uma grande preocupação dos moradores em dias de jogo é com a segurança, já que o aumento condierável de fluxo de visitantes, somado ao momento festivo, são fatores críticos que podem tornar o condomínio altamente vumnerável.

Por isso, a atenção ao controle de acesso deve ser redobrada e rigorosa, só permitindo a entrada do visitante mediante autorização do morador. (baixe nosso cartaz de orientação sobre a copa no final desta matéria)

Além disso, outra preocupação é como conciliar a escala dos funcionários com os dias de jogos da seleção brasileira? O que o síndico profissional Nilton Savieto sugere é que se mantenha um mínimo de efetivo no condomínio.

“É como se fosse uma escala de domingo, para manter o local funcionando bem, mas sem muitos gastos”, exemplifica.

TV na portaria

E com a escala mais enxuta, também é importante que quem esteja trabalhando realmente trabalhe. Apenas um dos especialistas ouvidos pelo portal sugeriu que o porteiro contasse com um aparelho de TV em seu local de trabalho – todos os outros sugeriram aparelhos de rádio, para não tirar a concentração do profissional.

“É uma saída boa para não atrapalhar tanto a segurança do condomínio, uma vez que a grande maioria das pessoas consideraria uma maldade enorme deixar o porteiro sem ter notícias sobre o jogo da seleção”, argumenta Hubert Gebara, vice-presidente de condomínios do Secovi-SP.

Barulho

O horário de silêncio deve ser sempre respeitado – mesmo porque os jogos não acontecerão noite adentro.

Porém, deve-se sensibilizar os moradores do condomínio que não gostem de futebol, ou de barulho, que os mesmos acontecerão, infelizmente, com um pouco mais de recorrência que de costume.

Isso não significa que todo e qualquer ruído será tolerado durante os dias e horários de jogos. Moderação e alegria podem andar juntas sem grandes problemas. (baixe nosso cartaz de orientação sobre a copa no final desta matéria)

Proibições

Ainda que jogos da seleção sejam uma ótima maneira de extravasar alegria e felicidade, ainda haverá posturas proibidas no condomínio, como:

  • Vandalizar áreas comuns
  • Gritar palavrões pelas janelas/áreas comuns
  • Soltar rojões ou fogos de artifício
  • Vagar alcoolizado pelo condomínio, incomodando os outros moradores

Nesses casos o ideal é que essas restrições estejam claras nos regulamentos internos, até mesmo para que as multas sejam aplicadas com respaldo legal. Vale lembrar que o ideal para multar é que haja imagens da infração, testemunhas ou ambos.

Mesmo assim, quem cometeu o erro tem direito a se defender na próxima assembleia, nos termos que a convenção ou regulamento interno do condomínio prever.

Decoração

Uma boa maneira de movimentar o condomínio para um grande evento esportivo sem muitos gastos é apostar em uma decoração das áreas comuns.

Em muitos casos, os síndicos dispõem de uma pequena verba para gastar com itens diversos. Uma decoração verde-amarela pode dar um clima interessante, além de ajudar a dar uma ‘cor’ diferente ao local.

Quando a decoração for de cada unidade, geralmente os condomínios liberam enfeites como faixas e bandeirinhas com as cores do Brasil. Mesmo assim, é importante lembrar da segurança. Por isso, estão vedados itens que possam se soltar e machucar, como bandeiras muito grandes e pesadas, por exemplo.

Cartaz

Fontes consultadas: Hubert Gebara, vice-presidente de condomínios do Secovi-SP; Nilton Savieto, síndico profissional e consultor SíndicoNet; Vania Dal Maso, gerente geral de atendimento da administradora Itambé; Cristiane Salles, gerente de condomínios da administradora Protel; Rosely Schwartz, especialista em condomínios e professora de gestão condominial da EPD (Escola Paulista de Direito).

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...