O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Convivência

Idoso

Casa pode ser mais segura e adaptada para os mais velhos

Publicado em: segunda-feira, 17 de abril de 2017

Casa pode ser mais segura para idosos

O arquiteto Claudio Allegrini e sua sócia, Silvia Garuti, designer de interiores, criaram um projeto para tornar a casa mais segura para pessoas idosas. De acordo com o site da empresa do arquiteto, uma casa segura e adaptatda reduz número de quedas e acidentes entre população mais idosa. Com base nisso, a dupla preparou algumas dicas de mudanças no ambiente, que garantem um ambiente mais adaptado às necessidades dos mais velhos.

Piso

Opte por pisos antiderrapantes e mais aconchegantes. O piso ninílico é uma excelente opção. Evite porcelanatos polidos e tapetes.

Móveis

Os móveis devem ter uma altura mediana, ergonômica, para que o idoso não precise se abaixar e nem se esticar para alcançar os seus objetos.

Sala

As Poltronas e sofás com assento médio e encosto alto são mais confortáveis ao se levantar. As mesas de vidro devem ser evitadas, e se possível fixar as mesas laterais para permitir o apoio quando necessário. As cadeiras da mesa de jantar e cozinha não devem ter braços, para facilitar o sentar e levantar do idoso. As gavetas devem estar com travas, para evitar que caiam sobre o idoso ao abri-las. Evitar mesa de centro na sala, aumentando a área de circulação, impedindo que o idoso se machuque nas quinas da mesa. Estante fixada na parede e TV com controle remoto. 

Escadas

 O ideal são rampas de acesso com corrimão, a inclinação da rampa deverá ter até 10% de inclinação porem até 8% o conforto é maior. Pequenos desníveis devem ser evitados, pois provocam tropeços. Nivele estes pontos através de pequenas rampas.

Iluminação

Para acesso a escadas, utilizar balizadores, ou seja, pontos de iluminação que facilitam a visão do idoso ao subir os degraus. A utilização se sensores de presença nos ambientes, principalmente nas passagens e corredores são muito úteis, pois facilitam o acesso sem precisar ligar o interruptor. Os interruptores iluminados devem estar sempre à altura do idoso e em locais de fácil acesso. Evitar pontos escuros nos ambientes.

Circulação

Deve ser a mais livre possível e, em geral, no mínimo 80 cm. 

Banheiro

Este ambiente é o mais perigoso ao idoso. É onde há uma incidência maior de acidentes. Devemos dar uma atenção especial aos banheiros. Adapte barras de apoio na área do box e na parede próximo ao vaso sanitário. O ideal é mais uma barra de apoio em um lugar estratégico a ser estudado dentro do banheiro. Um banco fixado e articulável dentro do box é bem vindo. Utilização de assento que ajuste a altura final da bacia para a medida estipulada conforme NBR 9050 da ABNT. No box,  utilizar porta com material inquebrável, com aberturas em giro, para dentro e para fora. Caso o idoso precise de ajuda, o acesso é fundamental. Uma solução barata são as cortinas de plástico. Se possível, trocar a torneira do lavatório por uma que possua sensor de aproximação ou então alavancas. Utilizar o mesmo padrão de banheiro para deficientes conforme NBR9050 da ABNT. Usar, se possível, uma campainha para alarme em caso de emergência ou queda.

Cozinha

Piso antiderrapante (não utilizar tapetes). Colocar armários com altura na qual o idoso tenha acesso seguro. Fogão com controle automático que bloqueia a passagem do gás caso as chamas se apaguem. O ideal é ter na cozinha somente eletrodomésticos elétricos: forno elétrico, micro-ondas e fogão elétrico por indução. A torneira deverá ser do tipo ducha móvel, ou monocomando, pois facilita o manuseio.

Telefones e campainhas

Quando acionados, além de emitirem sons, também emitirem luzes, para indicar que estão tocando.

Quarto

Se possível, acomodar o quarto no andar térreo, com fácil acesso ao banheiro. A cama deverá ter altura que permita o idoso ficar sentado e ao mesmo tempo apoiar os pés no chão, para que ele se sinta mais seguro. O criado-mudo deve ser mais alto que a cama e fixo (no chão ou na parede), com cantos arredondados.Telefone, luz de emergência e campainha devem estar próximo ao idoso. Não deixar copo de vidro próximo, pois o idoso poderá se machucar. As portas dos armários devem ser de correr, proporcionando maior circulação nos quartos. Uma poltrona dentro do quarto ajuda o idoso a calçar meias e calçados.

Área de serviço

Utilizar varal elétrico

Portas

Com vãos de 80 a 90 cm. As maçanetas recomendadas devem ser do tipo alavanca (não redondas).

Decoração

Uma casa adaptada ao idoso, além de segura, também deve proporcionar autonomia e confiança. Aliado a tudo isto não podemos deixar de lado a composição das cores, dos móveis, dos tecidos e as texturas. As cores utilizadas corretamente tem o poder de alegrar o ambiente. Enfim um bom projeto de design de interiores dará ao lar do idoso uma autoestima positiva, estimulando sua vontade de viver e de receber os familiares e amigos.

Fonte: http://www.projettareformas.com.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...