O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Textos para comunicados

Incêndios em condomínio

Saiba como se prevenir desse perigo na sua unidade

Por Mariana Ribeiro Desimone - 06/08/14 09:02
Atualizado há 3 anos por Mariana Ribeiro Desimone
Você sabia que, de acordo com dados da Abracopel (Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade), a maioria dos incêndios em unidades residenciais tem origem na rede elétrica?
 
 Em condomínios antigos, o perigo pode ser ainda maior, uma vez que a necessidade de energia cresceu, mas a oferta, não. 
 
Saiba o que evitar para que a sua unidade continue segura – e livre de incêndios!
 
  • Não coloque muitos aparelhos em uma mesma tomada
  • Não combine benjamins e réguas – ou um ou outro – na mesma tomada
  • Fique atento caso sinta cheiro de fumaça ou de queimado, luzes piscando ou disjuntor que cai a todo o momento. Isso pode ser um sinal de que a rede elétrica deve ser revista

Caso o problema não seja apenas da sua unidade, mas de todo o condomínio, vale pedir uma atualização da oferta de energia para a concessionária da sua região. Trocar o quadro de luz do condomínio também é uma medida a ser considerada. Esse trabalho, porém, deve ser executado por um profissional habilitado.

 
Se alguma das situações acima acontecer em sua unidade o ideal é chamar um engenheiro elétrico para estudar a situação, e manter toda a sua família, e seu condomínio - seguro!
 

Fonte: Abracopel e programa casa segura

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...