O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Mercado

Isolamento acústico

Condomínios de Salvador contam cada vez mais com esse conforto

Publicado em: segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

 Condomínios de luxo investem no controle da emissão sonora

A grande demanda por novas construções acarretou moradias cada vez mais reduzidas, com paredes  finas e materiais  menos acústicos, não importa o valor do imóvel.
 
Esta é a hipótese defendida pelo antropólogo Roberto Albergaria para  justificar o  incômodo sonoro causado pelas vizinhanças soteropolitanas.
 
"Além disso, a cidade não era 'tapada' pelos edifícios. Dava para ouvir o barulho do mar de longe", conta.
 
Embora ainda timidamente, o mercado imobiliário começa a dar sinais de  sintonia com a crescente  demanda por sossego e de que pretende reverter este quadro. Os residenciais mais novos  estão implantando estúdios apropriados para os jovens tocarem seus instrumentos, além de proverem os salões de festas com isolamento acústico, segundo o   engenheiro da Sonar  Olavo Fonseca Filho. Mas essas medidas ainda  são insuficientes.
 
Tendência
 
Ainda concentrada em casos isolados, a tendência é que a preocupação acústica seja alvo definitivo dos empreendimentos  futuros. Em vigor desde 2009, a Norma de Desempenho para Edificações (NBR 15.575) estabelece algumas regras acústicas para as construções.
 
Regida pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), a norma determina que deve ser considerada a transmissão sonora de um ambiente para outro. Há critérios tanto para ruído de impacto em piso como para ruído aéreo entre as unidades.
 
"Qualquer edificação a ser construída deve contar com um consultor acústico.  Quando se está na fase do projeto, aumentar o conforto acústico é bem mais barato e perfeitamente viável", afirma Fonseca Filho. "É  um mercado em expansão", assinala o antropólogo Albergaria.

Fonte: http://atarde.uol.com.br

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...