O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Administração

Jovem síndico

Moço de 24 anos assume posto em seu condomínio, em Curitiba

Publicado em: sexta-feira, 25 de julho de 2014

Juventude na gestão

Prédio na Francisco Torres é administrado por advogado de 24 anos
 
Um edifício localizado na Rua Francisco Torres, no Centro de Curitiba, reserva uma história diferente dentro do tradicional universo dos condomínios. Isso porque o prédio, com 98 apartamentos, está sob a direção de um síndico com 24 anos de idade recém-completados.
 
“Muita gente ainda estranha uma pessoa tão jovem administrando um edifício, desde moradores até fornecedores. Mas já acostumei com a atividade e com a surpresa de todos que lidam comigo no dia a dia”, conta o advogado Ruan Casemiro Stefankowski.
 
Ele conta que assumiu a administração do prédio há pouco mais de um ano, quando o antigo síndico deixou o cargo. “Ele teve que abandonar porque viajava muito. Quando ele estava em viagem era eu que executava algumas funções e por causa disso muitos moradores pediram para que eu assumisse o cargo de síndico. E eu topei”, lembra.
 
Ruan afirma sem pestanejar que sentiu dificuldades logo que assumiu o cargo. “Não sabia de nada relacionado ao dia a dia de um condomínio. Não tinha ideia onde estava me metendo, mas com o passar do tempo fui me adaptando e entendo melhor como tudo funciona e hoje até gosto da função”, ressalta.
 
Desde que assumiu, Ruan conta que já viveu diversas histórias relacionadas à função de síndico, como uma vez que recebeu um frango assado numa manhã de domingo. “Foi de uma senhora que mora aqui no prédio. A campainha tocou e quando atendi estava ela me oferecendo a ave prontinha. Fiquei meio confuso na hora, mas aceitei numa boa”, recorda.
 
Ele também se recorda da vez que deixou todos os moradores sem água quente. “Normalmente pedimos a entrega do gás a cada 30 dias. Mas nesses meses de frio o consumo aumentou e ficamos sem gás. A princípio não sabíamos o que era até que um morador lembrou que era inverno. Não deu outra. O gás tinha acabado e tivemos que pedir outra remessa. Mas são com esses erros que a gente aprende”, diz.
 
“Mas tem várias histórias, como a de um senhor de aproximadamente 70 anos, que interfonava todos os dias, por volta de 6h30 da manhã, para desejar bom dia e bom trabalho ao jovem menino e síndico”, se diverte.
 
Condomínio aprova
 
Quem trabalha e vive no edifício administrado por Ruan aprova de maneira contundente a liderança de um síndico mais jovem. A auxiliar de serviços Ana Cristina dos Santos trabalha no prédio há um ano e é só elogios ao chefe. “Temos mais liberdade para falar com ele e acho que isso se deve ao fato de ele ser uma pessoa mais jovem. É um pouco mais difícil trabalhar com síndicos mais velhos”, diz.
 
O administrador Elie Choueri também diz estar satisfeito com a administração de um síndico com pouca idade. “A administração do Ruan é muito positiva, pois temos um diálogo mais aberto e direto. Morei em prédios com síndicos mais velhos a vida toda e agora fico feliz vendo um jovem fazendo um ótimo serviço. Acho que o caso dele pode renovar a função, que sempre foi ligada às pessoas mais velhas e experientes”, afirma.
 
“Acho bacana esse reconhecimento”, diz Ruan. “Foi uma situação que aconteceu na minha vida e que eu acabei encarando. Tive alguns probleminhas no começo, mas superei. Espero que outros jovens tentem assumir a responsabilidade em seus condomínios. Acho que todos têm a ganhar”, conclui.

Fonte: http://cacadores.parana-online.com.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...