O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Manutenção

Manutenção

CDHU responsabiliza residencial por futuras obras

sexta-feira, 23 de agosto de 2019
WhatsApp
LinkedIn

CDHU diz que condomínio deve assumir manutenção

A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) encaminhou ontem e-mail explicando que as manutenções preventivas e corretivas no prédio do Conjunto Nova Bertioga, entregue em 1998, na cidade, são de responsabilidade do condomínio. O Diário publicou na edição desta quarta-feira matéria com as reclamações de moradores do imóvel sobre problemas como infiltrações, rachaduras e nos telhados.

“A CDHU atendeu várias solicitações dos moradores, muitas delas relativas à manutenção do conjunto, que não são de sua responsabilidade. Nesses 21 anos, foram feitas a revitalização dos prédios do conjunto e a execução de serviços de construção de rampas de acessibilidade, equipamentos de recreação, equipamentos comunitários, recuperação de fachadas, repinturas de esquadrias, reparos em corrimãos e telhados, implantação de rede pública de esgoto e recuperação das edificações. A Companhia até mesmo já impermeabilizou lajes das escadas e substituiu vigas de madeira de sustentação das caixas d’água superiores”, trouxe a nota ontem enviada a O Diário.

Ainda segundo a CDHU, atualmente, são realizadas obras de adequações no empreendimento, com o objetivo de renovação do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB). “O Corpo de Bombeiros já emitiu o AVCB de dois blocos, estando os demais ainda em trâmite. A verba de R$ 504,9 mil está sendo investida em serviços de revisão da fiação elétrica e da cobertura dos prédios (telhados) e dos sistemas de gás, para-raios e alarme.

Também estão sendo reformados os corrimãos que necessitam de reparos, segundo exigências do Corpo de Bombeiros. A previsão de conclusão destas obras é para o fim de novembro deste ano”, acrescentou a companhia, completando que o prazo de garantia para reparos de vícios construtivos é de cinco anos a partir da entrega do empreendimento.

Fonte: http://www.odiariodemogi.net.br

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...