O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Ambiente

Maus tratos

Em condomínio de luxo, homem deixava cães em condições precárias

Publicado em: segunda-feira, 10 de março de 2014

Morador de condomínio de luxo maltratava cães

Cães pitbul eram mantidos em condições precárias
 
A Polícia Ambiental de Votuporanga autuou ontem (7/3) o morador de um condomínio de luxo em R$ 3 mil por maus-tratos contra cães. 
 
O homem de 52 anos, deixava quatro cachorros da raça pitbull,com cortes e escoriações pelo corpo. Eles também estavam bastante debilitados e acorrentados, configurando assim a prática de maus-tratos. 
 
A Polícia Científica e um veterinário compareceram na mansão atestando o crime. 
 
O dono e os animais foram levados ao plantão policial de Votuporanga, sendo determinado pela Delegada de Polícia, Drª. Edna Rita de Oliveira, a confecção do BO/PC nº 853/2014, e os referidos animais ficaram aos cuidados do próprio dono, como depositário fiel, após o mesmo concordar em conduzir os animais a um médico veterinário para atendimento imediato, tendo que o mesmo comprovar os devidos cuidados veterinários aos cachorros. 
 
“Cabe esclarecer que o crime de maus-tratos, abuso, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, tem como pena a detenção de três meses a um ano, além de multa, havendo aumento da pena se resultar em morte do animal, que é o caso em tela, conforme Artigo 32 da Lei Federal 9.605/98”, disse o sargento Josué Bertoldo, da Polícia Ambiental.

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...