O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Segurança

Morte de paratleta

Polícia Civil do Paraná identifica suspeitos de cometerem crime

Publicado em: quarta-feira, 12 de abril de 2017

Polícia identifica envolvidos e esclarece homicídio de paratleta

'Zecão da Canoagem' reclamava da criminalidade local e era inimigo declarado dos suspeitos

O homicídio do paratleta José Agmarino de Jesus Coelho, de 49 anos, o "Zecão da Canoagem", ocorrido no domingo (2), em São José dos Pinhais, foi solucionado pela Polícia Civil. Cinco pessoas estão envolvidas no crime, sendo três menores e dois maiores de idade. A revelação foi feita em uma coletiva, realizada na tarde desta segunda (10).

José foi morto quando chegava no Condomínio Serra do Mar, no bairro Rio Pequeno, onde morava. O local, conhecido como "Condomínio da Morte", já havia registrado quatro assassinatos desde o início de 2017. José foi abordado por cinco homens armados, enquanto estacionava o seu veículo, um HB20 branco, no pátio da moradia. Eles dispararam cinco tiros contra o paratleta. O crime foi cometido na frente da mulher e do filho de José.

Rodrigo Cordeiro Turczim, de 19 anos, e Jonathan Carvalho de Lima, de 24 anos, foram detidos no próprio Condomínio Serra do Mar. Rodrigo foi preso algumas horas depois do crime, configurando prisão em flagrante. Já Jonathan foi preso apenas na sexta (7), depois que um mandado de prisão preventiva foi expedido contra ele pela 2ª Vara Criminal da região. 

Segundo o delegado-titular da Delegacia de São José dos Pinhais, Amadeu Trevisan, José era contra as ações criminosas do grupo que agia na região, o que o tornou inimigo imediato dos bandidos.

Eles tentaram arrombar o apartamento do paratleta e não obtiveram sucesso. José, então, procurou a síndica do condomínio para registrar reclamação. Mas, devido a uma viagem, não teve tempo para comunicar à polícia sobre os atos criminosos dos cinco suspeitos.

Rodrigo e Jonathan vão responder por homicídio qualificado, associação criminosa e corrupção de menores. Já os menores envolvidos no crime, que têm entre 15 e 16 anos, estão sendo procurados pela Delegacia do Adolescente (DA) de São José dos Pinhais, que continua a investigação para tomar as medidas cabíveis.

Mais um crime

Valéria Santos, de 45 anos, outra moradora do Condomínio Serra do Mar, foi encontrada morta em um bairro de São José dos Pinhais. O homicídio ocorreu neste domingo (9) e a Delegacia de São José investiga o caso. Suspeita-se que ela tenha sido outra vítima do grupo criminoso atuante na região. 

Fonte: pr.ricmais.com.br

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...