O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Segurança

Onda de assaltos

Condomínio de luxo em Praia Grande (SP) é alvo de arrastão

Publicado em: segunda-feira, 18 de junho de 2012

 Criminosos armados fazem arrastão em edifício de luxo em Praia Grande

 
Um edifício de luxo situado de frente para o mar, em Praia Grande, sofreu um arrastão por volta das 2 horas desta sexta-feira. Sete homens armados e portando algemas invadiram o condomínio, renderam o porteiro e assaltaram dez apartamentos. Até a noite, os ladrões não haviam sido presos e sequer estavam identificados.
 
O Edifício Hugo Navarro Flat Service fica na Avenida Presidente Castelo Branco, 10.676, no Balneário Maracanã Mirim, e foi invadido inicialmente por dois homens. Eles pularam um muro lateral, dominaram o porteiro na guarita, o algemaram e permitiram a entrada de mais cinco comparsas.
 
Os assaltantes estavam armados e dois ficaram vigiando o funcionário, enquanto os demais passaram a percorrer o prédio. De posse de um pé de cabra, os ladrões arrebentaram as portas de nove apartamentos, que estavam vazios porque os seus proprietários residem em outras cidades.
 
Essas vítimas ainda precisam realizar levantamento do que foi levado de seus imóveis. Apenas um apartamento que estava ocupado foi invadido pela quadrilha. Os marginais decidiram roubá-lo após verem um carro de luxo na garagem. Eles perguntaram ao porteiro à qual unidade o veículo pertencia.
 
O morador da décima unidade invadida é um comerciante. Sem perceber que ocorria um arrastão no prédio, ele abriu a porta do apartamento após solicitação do porteiro. Sob ameaça de morte, o funcionário foi obrigado a chamar o condômino, que também foi algemado. Desse imóvel foram roubados notebook, outros objetos e R$ 4,5 mil.
 
Um par de algemas e um pé de cabra foram abandonados pelo bando no edifício. Os assaltantes fugiram em pelos menos três automóveis, que não foram identificados. Eles destruíram uma CPU que supostamente armazena as imagens captadas por câmeras de segurança do prédio. Algumas câmeras também foram danificadas.
 
Porém, a Polícia Civil apura se é possível recuperar alguma filmagem do sistema de segurança do condomínio, bem como analisa as imagens captadas por câmeras da Prefeitura instaladas em diversos pontos do município. A equipe do delegado Siulen Vieira Leung registrou o roubo

Fonte: http://www.atribuna.com.br

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...