O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Ambiente

Poda de árvores

Condomínios de Manaus reclamam de poda excessiva de árvores

Publicado em: segunda-feira, 17 de abril de 2017

Moradores de condomínio denunciam corte de árvores no Centro de Manaus

De acordo com os moradores, as árvores, além de proporcionar sombra às pessoas, também amenizavam o calor no local

Condomínio Edifício Cidade de Manaus, entre a avenida Eduardo Ribeiro e a rua 24 de Maio, no Centro, denunciaram que a prefeitura cortou  as duas árvores que ficavam ao lado do prédio e não replantou outras no lugar. De acordo com eles, as árvores, além de proporcionar sombra às pessoas, também amenizavam o calor no local.

O funcionário público Valério Neto, 58, disse que o fato aconteceu há aproximadamente seis meses e, como as árvores não foram substituídas por outras, resolveram denunciar. Segundo ele, as árvores foram cortadas “do nada”.

“Foi uma surpresa horrorosa que nós, moradores da área, tivemos. As árvores eram adultas. Isso foi um crime. É inadmissível o que aconteceu. E até agora não plantaram nada no lugar. Em setembro tem gente que desmaia de tanto calor, imagina sem essas árvores aqui na rua, sem uma sombra”, comentou.

Ele destacou que, num hotel próximo ao Teatro Amazonas, também no Centro, o empresário fez um corte na árvore que ficava em frente ao empreendimento e colocou veneno para que ela morresse, o que acabou acontecendo. Só que, após denúncias, o tal empresário foi obrigado a replantar a área. O, segundo ele, que não ocorreu com as árvores que ficavam ao lado do Condomínio Edifício Cidade de Manaus e foram cortaas.

“Lá a lei funcionou. Por que não funciona aqui?”, questionou.

Valério Neto ainda relatou que, nos primeiros quatro andares do Condomínio Edifício Cidade de Manaus, há salas de escritórios e clínicas e, de manhã cedo, enquanto o imóvel não abre as portas, há filas de mulheres, muitas grávidas e com crianças de colo, esperando o horário para serem atendidas. Agora, sem a proteção das duas árvores que foram cortadas, ficam debaixo de sol. “É revoltante”, disse.

‘Iminência de queda’

Ao contrário do que dizem os moradores, a Divisão de Corte e Poda da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) informou que uma das árvores sofreu queda natural e a outra, que se encontrava na iminência de queda, foi cortada com autorização para evitar acidentes.

A reposição com o plantio de mudas será providenciada, informou a divisão. 

Manejo e avaliação

A Semmas informou que realiza um trabalho sistemático de manejo e avaliação de risco de queda das árvores, principalmente do Centro Histórico de Manaus.  Esse trabalho tem permitido que a incidência de quedas de árvores nessa área seja reduzida, afirma a pasta.      

 

Fonte: http://www.acritica.com

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...