O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Ambiente

Prédios ecológicos

Especialista angolano desaconselha aparelhos condicionadores de ar

Publicado em: quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

 Ambientalista desaconselha uso de aparelhos de ar condicionado 

O mestre em agro-ecologia Guilherme Carlos Agostinho desaconselhou hoje, quinta-feira, nesta cidade, o uso de aparelhos de ar condicionado nos estabelecimentos públicos e em residências, visando diminuir a emissão de clorocarbonetos e dióxido de carbono para a atmosfera.
 
Em declarações à Angop, "sobre poluição atmosférica", o especialista referiu que nas sociedades modernas o uso de equipamentos de ar condicionado para refrescar o interior dos edifícios constitui uma das principais fontes de poluição da atmosfera.
 
Informou que o clorocarboneto que tais equipamentos expelem para a atmosfera, bem como o dióxido de carbono resultante das fontes energéticas que alimentam os mesmos, não destroem somente a camada de ozono, mas também alteram o ciclo hidrológico da chuva e originam a queda de chuvas ácidas, responsáveis pela destruição dos solos.
 
No seu entender, os equipamentos de ar condicionado devem ser substituídos por ventiladores que consomem menos energia eléctrica e não poluem o meio ambiente e a atmosfera.
 
“Os equipamentos de ar condicionado não são ecológicos. Se por um lado ajudam a refrescar a parte interior dos edifícios, por outro lado provocam aquecimento à atmosfera”, referiu o agro-ecologista Guilherme Agostinho, que mais adiante sugeriu a plantação de árvores para reduzir os efeitos do aquecimento global.
 

Fonte: http://www.portalangop.co.ao

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...