O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Mercado

Quarto-e-sala

Mercado para compactos está em alta no Rio de Janeiro

Publicado em: quarta-feira, 11 de maio de 2016
Considerado um tipo de imóvel excelente para os negócios, os compactos se destacam cada vez mais no mercado como opção que atende aos mais diferentes tipos de público. Mesmo com poucos lançamentos, as unidades contam sempre com uma grande demanda, tanto para aluguéis quanto para compra.
 
Segundo especialistas, o sucesso de procura ocorre porque os compactos atendem a pessoas que buscam praticidade na rotina. E para que a praticidade não comprometa a qualidade de vida, arquitetos apontam soluções para um melhor aproveitamento do espaço reduzido.
 
Os apartamentos compactos, conhecidos como "quarto e sala", é um tipo de imóvel que tem se destacado cada vez mais no mercado nos últimos anos, em função do estilo de vida cada vez mais corrido das pessoas nas grandes cidades, como explica Marcelo Branco, proprietário da Re.Mar Imóveis.
 
Segundo ele, por causa do tamanho, esse é um perfil de unidade que oferece mais dinâmica para quem tem uma rotina corrida.
 
"Ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, os compactos não atendem apenas a solteiros, mas também a casais sem filhos ou começando a vida, separados e, principalmente no caso de Niterói, estudantes, que é o público que mais procura por esse tipo de imóvel", explica Marcelo.
 
Com ampla oferta em Niterói, segundo Branco, a demanda pelos compactos representa aproximadamente 20% do mercado tanto de compra quanto de locação. O proprietário da Re.Mar ressalta ainda que esses apartamentos estão sempre em evidência no mercado e, por isso, também são uma ótima opção para investidores.
 
"Em Niterói os compactos podem ser encontrados em quase toda a cidade, principalmente Icaraí, Ingá, Boa Viagem e Região Oceânica. Hoje, o aluguel dessas unidades fica em torno de R$ 1 mil na Zona Sul da cidade. No entanto, em alguma áreas, principalmente em Icaraí, esse preço pode chegar a R$ 1.500 ou até mais. Com tamanho entre 55 e 58 metros quadrados em média, os 'quarto e sala' ficam geralmente em empreendimentos mais novos, que também oferecem imóveis com dois quartos e com estrutura completa de lazer", ressalta Marcelo. 
 

Mercado

 
Um estudo realizado recentemente pela Brasil Brokers mostrou que os apartamentos compactos representam atualmente um número de lançamentos menor do que a demanda existente para esse perfil de imóveis, como explica o diretor comercial da empresa em Niterói, Roberto Marinho.
 
"Nos últimos anos, os compactos são os imóveis menos lançados no mercado, no entanto também identificamos uma demanda expressiva para esses apartamentos, ou seja, existe espaço para aumentar ainda mais essa oferta nos próximos anos. Isso porque é um produto que tem forte apelo comercial e atende a um nicho muito específico de clientes. No momento, os lançamentos em Niterói com esse perfil podem ser encontrados em Icaraí e na Região Oceânica. Em Piratininga, um compacto hoje pode ser comprado a partir de R$ 490 mil, enquanto em Icaraí os preços são a partir de R$ 600 mil", afirma Marinho.
 
Por se tratar de imóveis voltados a pessoas em busca de praticidade, segundo Roberto, esse é um produto que precisa oferecer cada vez mais soluções para o público. "Nosso estudo mostrou também que os compactos atendem a um estilo de vida que precisa de outros benefícios atrelados ao imóvel, como localização, serviços de lavanderia, reparos e manutenção, entre outras coisas", destaca Roberto.
 

Interior

A funcionalidade e a harmonia dos ambientes são essenciais quando se fala em imóveis compactos, como explica a arquiteta Camila Mesquita. "Um apartamento pequeno não pode ter acúmulos nem objetos sem função. Por se tratar de um espaço reduzido, qualquer excesso pode gerar poluição e tumulto nos ambientes", explica a arquiteta.
 
Os perfis variados de moradores demandam projetos diferentes, mas, segundo Camila, cores neutras e móveis multifuncionais sempre dão certo na decoração de compactos. "Não é preciso utilizar necessariamente branco ou bege. Em um projeto usei o cinza e ficou muito bom. Além disso, móveis com mais de uma função, como mesa que serve tanto para trabalho quanto para jantar e sofás-cama, para receber visitas, são ótimas soluções para quem mora em um quarto e sala", ensina a arquiteta.
 
Para não errar na hora de decorar um apartamento compacto é preciso ter noção exata do espaço de que se dispõe, como forma de evitar, principalmente, móveis grandes demais, segundo a arquiteta da Bora Decora, Graziela Oliveira.
 
"Investir em detalhes, como almofadas e objetos, e instalar prateleiras são boas opções para deixar o espaço mais personalizado e bem-aproveitado. Além disso, pufes e bancos são peças curinga para apartamentos compactos pois servem tanto como mesas de centro como assentos para visitas", conclui Oliveira. 
 
 

Fonte: http://www.secovirio.com.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...