Espaço fitness

Recreação e atividades físicas em condomínios

Profissionais oferecem aulas de atividade física e recreação em condomínios

Não ter academia no condomínio não é mais desculpa para não proporcionar qualidade de vida aos moradores. Mesmo em condomínios que não dispõem desse tipo de espaço montado, é possível contar com atividades físicas diferenciadas que ajudam no condicionamento dos moradores, aumentam a convivência e melhoram o relacionamento entre eles.

Atividades como aulas de dança, artes marciais, lutas, yoga, tai-chi-chuan, esportes, corridas, caminhadas, alongamento, relaxamento, escolinha de esportes para crianças e até atividades específicas para deficientes físicos e idosos são algumas das inúmeras modalidades que o síndico pode implantar no condomínio mesmo que não haja sala de ginástica.

Como funciona

 - Uma vez que os valores são cobrados por hora e são personalizados para cada condomínio, as atividades adicionais podem ser contratadas por condomínios de qualquer tamanho;

- Normalmente, as aulas e horários são definidos com base no perfil dos moradores, por isso, é interessante oferecer aulas variadas. Nesses casos, vale mais o número de atividades do que a quantidade de horas;- Uma rápida pesquisa (veja sugestão de modelo abaixo) com os moradores ajuda na hora de estabelecer as atividades de maior interesse, definir os horários mais convenientes para uma maior adesão dos condôminos e, também, contratar professores com o melhor perfil; - Uma sugestão de atividades definidas por perfil pode ser: playgrounds e kids' room para crianças de 4 a 7 anos;  atividades recreativas e esportivas para maiores de 7 anos e adolescentes; esportes, competições e iniciação de condicionamento físico para maiores de 16 anos;  e condicionamento físico e eventos diferenciados para adultos em geral;- Algumas empresas de assessoria esportiva oferecem atendimento individual ou em pequenos grupos, de até 6 pessoas por professor. Isso assegura maior qualidade das aulas e resultados mais rápidos;- Se o condomínio optar por contratar uma empresa, é importante certificar-se de que ela cumpra as regras do condomínio e tenha seus profissionais registrados.

- Existem empresas que oferecem serviços diferenciados, como massagens, drenagem, fisioterapia, RPG a té limpeza de pele. Elas podem montar um espaço no condomínio ou oferecer os serviços alguns dias na semana.

Espaço das atividades

- Salão de festas, quadras, piscinas e outros espaços podem ser utilizados para atividades físicas, desde que respeitando o regulamento interno e com a devida autorização do síndico e/ou do conselho consultivo;- No caso da ausência desses espaços, áreas abertas como parques nas redondezas do condomínio também podem ser utilizadas para a prática de atividades monitoradas;- A escolha do espaço depende da modalidade esportiva escolhida e do tamanho do grupo que treinará no mesmo horário, por isso, é interessante realizar pesquisa entre os moradores e consultar o profissional contratado sobre o melhor espaço a ser utilizado. 

Vantagens

- Para muitos, poder realizá-las no condomínio é uma vantagem por questões como segurança, praticidade, economia e entrosamento com família e vizinhos;- Atividades físicas em grupo geram maior convivência entre os condôminos, fortalecendo vínculos de amizade entre eles;- Além de uma melhor relação custo-benefício das área do lazer, muitos condomínios observam também uma significativa redução do vandalismo;

- Condomínios que agregam este tipo de serviço tendem a ser mais valorizados

Desvantagens

- Se comparados aos serviços oferecidos por uma academia profissional, os horários das atividades são restritos e o número de atividades, reduzido;

Professor

- Atividades físicas praticadas de forma errada e sem orientação podem causar lesões e acidentes com equipamentos. Isso pode ser evitado com a presença de um profissional que garantirá a realização correta dos exercícios;- Mais do que isso, um profissional também ajuda na motivação e no engajamento nas atividades propostas e pode elaborar eventos internos como caminhadas e corridas;- De acordo com a Lei Federal 9696/98, que regulamente a profissão de Educação Física, toda atividade física e esportiva deve ser orientada por um profissional da área habilitado e registrado no Conselho Regional de Educação Física de sua região;- Os condomínios estão sujeitos a fiscalização e podem sofrer autuações em caso de irregularidades;- Só contrate uma empresa de assessoria esportiva ou um personal trainer com registro no Conselho Regional de Educação Física e solicite um breve histórico de suas atuações anteriores. A pesquisa garante qualidade, comprometimento e responsabilidade do profissional, bem como a certeza de que se trata de um professor realmente habilitado e registrado.

Na hora de escolher

- A escolha entre uma empresa de assessoria esportiva e um personal trainer varia de acordo com as necessidades e desejos de cada condomínio. No entanto, é preciso ponderar as diferentes características de cada tipo de serviço prestado;- Empresas de assessoria esportiva não caracterizam vínculo empregatício e oferecem pronta reposição de professores. Porém, podem ter custos mais elevados devido às cargas tributárias a que estão sujeitas;- Personal trainers podem oferecer custos menores para atividades em grupo e treinamentos individualizados, mas representam um custo maior no caso das aulas individuais e caracterizam vínculo empregatício, uma vez que possuem dias e horários de trabalho determinados;- Independentemente da opção, é importante que aspectos como matrícula, regulamento interno, manutenção de equipamentos e da infra-estrutura e o quadro de aulas e de professores sejam definidos com antecedência. 

Custos

- Se o condomínio optar por empresas de assessoria esportiva, os valores de gerenciamento das atividades dependem da quantidade de modalidades, dias e horários contratados. Porém, já que o custo é compartilhado entre os apartamentos diretamente no pagamento mensal do condomínio, o valor pode ser de 60% a 70% menor do que a mensalidade de uma academia de grande porte, quanto maior o número de moradores que aderirem;- Se a opção for por Personal Trainers, os valores devem ser combinados diretamente com o profissional, mas tendem a ser menores quanto maior o grupo;- Em algumas empresas, a contratação de um pacote médio com escola de esportes, ginástica localizada e musculação 3 vezes por semana, pode sair por R$ 10 por apartamento, para condomínios com até 100 apartamentos.

- Vale ressaltar que o rateio costuma ser feito por aqueles que aderirem ao serviço;

Aprovação na assembleia

- Segundo as fontes consultadas, não há um consenso sobre a votação mínima necessária para aprovação da contratação do serviço. O próprio Código Civil não é claro sobre a questão. Alguns especilistas argumentam que como é um serviço a ser rateado somente entre os que aderirem, a aprovação pode ser feita pela maioria dos presentes. Por outro lado, há quem diga que é necessária a aprovação e 2/3 do todo.

Há também os que argumentam que uma vez que é dever do síndico contratar funcionários e empresas para a manutenção de áreas comuns, a presença de um profissional de Educação Física é tida como forma de zelar pelo espaço da academia, evitando quebras de aparelhos e, como tal, ele pode optar por não levar o assunto para a assembleia. Outro motivo para essa escolha é o fato de ser obrigatória a presença desses profissionais em condomínios que tenham academia, e há fiscalização e multas para os que apresentem eventuais irregularidades;- No entanto, é aconselhável que a escolha do profissional ou empresa a ser contratada seja feito em consenso, por isso, faça no mínimo três orçamentos contendo o mesmo programa para que os moradores possam comparar valores e vantagens adicionais entre as empresas orçadas;

- Apresente planejamento com cronograma de metas, orçamento e controle contínuo;- Quando o assunto é saúde, é importante pensar não em custos, mas em investimentos pessoais para a saúde dos moradores.

- Veja aqui tabela com votações mínimas exigidas, divididas por assunto.

Regulamento Interno 

- Caso o condomínio tenha academia de ginástica, é necessário que seu uso esteja regulamentado. Questões importantes que devem ser abordadas são:- horário de funcionamento;- sistema de operação (retirada de chaves, equipamentos, etc.);- controle de acesso (que pode ser restrito a moradores ou aberto a visitantes);- necessidade de autorização dos pais no caso de crianças e adolescentes;- definição de responsabilidade por acidentes pessoais;- criação de penalidades em caso de descumprimento do contrato;- treinamento sob orientação profissional;- contratação de profissionais indicados apenas pela administração;- obrigatoriedade de matrícula com atestado médico e teste ergométrico (maiores de 35 anos).

Exame médico

- Qualquer prática de atividade física necessita de exame médico prévio e a mesma coisa vale para as realizadas nos condomínios. Aqui, os condôminos podem optar por realizá-lo em clínicas particulares ou com os profissionais das empresas contratadas para elaboração das atividades;- Para se assegurar, é importante que o condomínio exija não só o atestado médico, como também o teste ergométrico para maiores de 35 anos;- Por determinação do Conselho Regional de Medicina, os atestados devem ser renovados anualmente.

Dicas

- No caso de condomínios com academia, é essencial ter atenção à manutenção preventiva dos equipamentos. As lesões provocadas aos usuários por má conservação podem gerar conseqüências legais para o síndico e para o condomínio;- Para manter o local freqüentado, é importante estabelecer um programa de treinamento com as aulas e horários de maior interesse entre os moradores;- Metas a curto, médio e longo prazo são importantes, e um cronograma mensal de eventos especiais também ajuda a motivar as pessoas a freqüentar as aulas.

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...