O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Manutenção

Reforma em SBC

Edifício que sofreu desabamento em 2012 irá passar por reparos

Publicado em: segunda-feira, 19 de agosto de 2013

 Condôminos decidem pela reforma do Edifício Senador

Após assembleia entre os condôminos do Edifício Senador, – que desabou parcialmente em fevereiro do ano passado, o que resultou na morte de duas pessoas – ficou decidido que o prédio, localizado na região central de São Bernardo, será reformado. A reunião entre os proprietários das 74 salas comerciais do imóvel foi realizada na noite de quinta-feira. Aproximadamente 80% dos participantes do encontro votaram a favor da reconstrução.
 
“Houve quórum suficiente e vamos partir agora para a fase de projetos”, disse o síndico Lauro Salera.
 
Segundo apuração feita pela equipe do Diário junto a proprietários de salas que participaram da assembleia, foi apresentado orçamento inicial que avalia a reforma em R$ 12 milhões. No entanto, Salera não quis confirmar os números. “O valor que temos até o momento é apenas estimativo. Só teremos custo definido após finalização do projeto”, alegou.
 
Na reunião, os condôminos aprovaram projeto que será realizado pela Falcão Bauer para revitalização do prédio – a empresa já havia elaborado laudo que apontava a viabilidade da reforma. O estudo tem custo de R$ 360 mil. O valor será pago pelos proprietários, dividido pela quantia de metros quadrados que cada um possui no prédio.
 
Após finalização do levantamento técnico, será constituída comissão de obras, que fará orçamento em três empreiteiras. “Vamos aguardar a elaboração dos projetos e depois partir para a fase de orçamentos e execução. Obras só no ano que vem”, garantiu o síndico.
 
Um dos condôminos que participaram da assembleia disse que o histórico negativo do prédio não é temido pelos proprietários. “Não há risco. Nenhuma construtora iria pegar algo que tivesse algum problema estrutural e assumir o risco”, afirmou José de Arimatheia Barcellos, representante legal do dono da área onde funcionava a Lanchonete Rainha, no térreo.
 

HISTÓRICO

 
Na tarde de 6 de fevereiro de 2012, todas as lajes do Edifício Senador nas salas com final quatro desabaram. O incidente resultou na morte da enfermeira Patrícia Farias de Lima, 26 anos, e Júlia Moraes, 3.
 
No dia seguinte ao ocorrido, usuários do prédio declararam que o imóvel tinha histórico de vazamentos e infiltrações. Meses depois, laudos realizados pela empresa Falcão Bauer e pelo IC (Instituto de Criminalística) confirmaram que esses problemas resultaram na tragédia. Ninguém foi indiciado criminalmente pelo ocorrido.  

Fonte: http://www.dgabc.com.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...