O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Segurança

Segurança em condomínios

Prédios apostam em local seguro para guardar imagens do CFTV

Publicado em: domingo, 4 de novembro de 2012

 Prédio em SP tem sala escondida para guardar imagens de câmeras

Só este ano, foram registrados sete arrastões em prédios da capital. Especialista em condomínios tira dúvidas no SPTV.
 
Um prédio na Pompeia, na Zona Oeste de São Paulo, destinou uma sala escondida para gravar e armazenar as imagens das 16 câmeras de segurança do condomínio. As imagens são guardadas por um mês e os porteiros foram treinados para tomar conta de tudo. As estratégias de segurança de alguns condomínios paulistanos foram mostradas no quadro "Meu Condomínio Tem Solução", do SPTV desta terça-feira (27).
 
“Equipamento, ele é uma peça importante, você tem que investir no equipamento, atualizar, dar manutenção, mas você tem que ter também o lado do ser humano, tanto para operar quanto para seguir as regras. O mais difícil é seguir regras”, conta a síndica Ângela Grzybowsky, do prédio da Pompeia.
 
Quando as regras não são seguidas, o vacilo de um único morador ou do próprio porteiro pode colocar todo o condomínio em risco. Em quase todos os arrastões que ocorreram em 2012 os criminosos agiram com violência. Só este ano, foram registrados sete arrastões em prédios da capital.
 
Todo mundo precisa estar envolvido quando o assunto é segurança – moradores e administrador. Algumas medidas são essenciais como:
 
- O porteiro jamais pode abrir a garagem sem ver quem está dentro do carro;
- As portarias não devem ter aparelhos de rádio ou TV. Eles podem tirar a atenção dos porteiros;
- O morador nunca deve autorizar a entrada de alguém que ainda não tenha chegado. A visita deve ser anunciada na hora e precisa ser identificada;
- As chaves dos carros ou dos apartamentos nunca devem ser deixadas na portaria.
 
“Nós precisamos estar em permanente estado de alerta. Os bandidos estão soltos e nós estamos dentro de casa. Se não tomarmos cuidado, nós vamos ser assaltados inevitavelmente”, diz o vice-presidente do Sindicato da Habitação Hubert Gebara.
 
Um conjunto habitacional em Carapicuíba, na Grande São Paulo, foi assaltado há cerca de um ano. Só então os moradores descobriram a importância desses cuidados. Descobriram também que não é preciso gastar muito para ter segurança. Com menos de R$ 200 por apartamento, o síndico já colocou quatro câmeras e mais oito estão sendo instaladas.
 
As imagens captadas pelas câmeras de segurança podem ser vistas nas TVs de todos os 158 apartamentos. Sempre tem alguém de olho. Assim, o condomínio não precisa gastar com uma empresa de monitoramento. A autônoma Érica Moreira Santos observa as filhas pequenas pela TV da sala. “A gente se sente mais segura, a gente está atenta.”

Fonte: http://g1.globo.com

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...