O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Administração

Sem mão-de-obra

Condomínios na região de Campinas têm dificuldade em encontrar zeladores

Publicado em: segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Função de zelador tem déficit de 40% na região de Campinas, diz sindicato

Entidade afirma que há três anos ninguém deixa currículo para o cargo. Profissionais são disputados no mercado, cada vez mais restrito. O déficit de zeladores na região de Campinas chega a 40%, segundo o sindicato da categoria. As administradoras de condomínios têm cada vez mais dificuldades em contratar profissionais e há três anos não aparecem interessados neste tipo de trabalho.

Para o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Edifícios e Condomínios (Sinconed), Valdir Lucas Pereira, ninguém mais deixa currículo para pleitear uma vaga no setor.

“Os que tinham na categoria migraram para a construção civil”, afirma Pereira.

Com a modernização dos prédios, o zelador é hoje praticamente um gerente de condomínios e precisa entender um pouco de elétrica, hidráulica e de manutenção. A crise é tanta que os administradores têm preferido formar um profissional interno, como um porteiro.

Os zeladores que estão no mercado são disputados, o que leva a uma valorização salarial. Segundo o administrador de condomínios Marcelo Barbosa, algumas vezes a proposta chega a ser feita pelo profissional que está empregado no condomínio vizinho.

Fonte: http://g1.globo.com/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...