O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Coluna: De Olho no Mercado

Venda da inadimplência condominial

Veja como gerir o condomínio sem se preocupar com atrasados

Por Mariana Ribeiro Desimone - 08/03/18 12:05
Atualizado há 62 dias por Mariana Ribeiro Desimone
Veja como gerir o condomínio sem se preocupar com atrasados

A inadimplência, sabemos, pode ser um grande entrave para uma boa gestão condominial. Sem o dinheiro necessário, fica muito difícil manter as contas em dia, pagar os funcionários e os contratos de manutenção.

E se fosse possível receber o que está em aberto dos devedores do condomínio, e minimizar os problemas causados pela inadimplência, sem custos extras?

É isso o que oferece a CreditCon. A empresa, no mercado desde 2017, trabalha com o serviço de compra à vista do passivo de inadimplência dos condomínios, além da possibilidade também de garantir a plena arrecadação mensal na data exata do vencimento dos boletos.

“Queremos um equilíbrio nos condomínios, entre quem paga o condomínio em dia e quem não paga nunca. Nosso objetivo é acabar com essa sensação de injustiça para com os adimplentes”, pesa Henry Palastry, um dos sócios da empresa.

Como funciona?

Geralmente, a inadimplência é gerida da seguinte maneira no condomínio: até três meses de atraso são tratadas de forma extrajudicial, com tentativas de diálogo entre o condomínio e o inadimplente.

A administradora pode ajudar com cartas de cobrança e ligações. Após esse período, geralmente inicia-se a cobrança judicial dos devedores. 

“O que antes poderia chegar a demorar vinte anos, agora, com o novo CPC, ficou bem menos moroso, mas mesmo assim o condomínio continua sem saber quando e como irá receber”, explica Henry.

Estando interessado, o síndico entra em contato com a empresa, que apresenta seu trabalho e proposta para o gestor e corpo diretivo. 

Depois, há uma assembleia para votar pela contratação dos serviços da empresa – onde, como sempre, só os adimplentes têm direito de voto.

“Com aprovação de maioria simples, o síndico nos cede o direito creditório, ficando livre de ter que tratar desses assuntos com seus vizinhos”, argumenta Henry.

Todo o trâmite demora cerca de um mês, e após a assinatura do contrato em até 5 dias úteis o dinheiro está na conta do condomínio 

 “Fazemos uma análise do que está sendo devido ao condomínio e pagamos tudo à vista. Nossa empresa é focada na cobrança administrativa e jurídica”, garante Henry.

A empresa cobra, em média, 30% do montante que o condomínio iria receber. Ou seja, se a dívida total dos inadimplentes junto ao condomínio for de R$ 1 milhão, o empreendimento recebe R$ 700 mil. 

Outro ponto positivo é que depois de receber, o condomínio não tem gastos com custas processuais, peritos avaliadores, advogados, e nem nada do tipo, além de se livrar da preocupação de uma eventual falta de arremate no leilão.

Outros produtos

Também é possível contratar a compra da inadimplência futura do condomínio. Nesse caso, a empresa propõe a antecipação - com um desconto médio de 6 % -  de todas as cotas condominiais na data prevista pelo condomínio.

“Dessa forma, o condomínio fica, inclusive, livre dos custos da emissão dos boletos e cobrança dos inadimplentes. Assim, o síndico fica sossegado para trabalhar com um fluxo de caixa linear e constante, sem ter que se preocupar com os impontuais e/ou inadimplentes”, esclarece Henry.

Vale frisar que, com esse volume de dinheiro em mãos, o condomínio pode apostar naquela benfeitoria, dando uma boa entrada, sanar dívidas ou mandar algum funcionário embora, já que contará com um montante considerável.

Segurança na transação

Essas propostas têm tido aceitação no mercado condominial, apesar de ainda causar algum estranhamento.

Vale ressaltar que empresas como a CreditCon e seu grupo econômico são acompanhadas de perto pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários) E BACEN (Banco Central)  

“Formatamos o nosso negócio de forma a criar uma ótima opção de o síndico receber rapidamente o que se está devendo ao condomínio sem o desgaste de uma ação judicial”, finaliza Henry.

Saiba mais:

Creditcon ou  0/xx/11/3862-3388

Nota: a coluna “De olho do mercado” se refere a informes publicitários. Esse tipo de texto serve para que uma empresa comercial explique como funciona seu produto ou serviço de maneira diferenciada e informativa. O SíndicoNet não trabalha com matérias pagas, e essa é a nossa maneira de lhe dizer que esse conteúdo é publicitário. Caso tenha dúvidas sobre outros conteúdos publicitários no nosso portal, por favor, nos escreva aqui. Isso reafirma o nosso compromisso com a transparência do nosso conteúdo.

 

 

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...