A individualização de hidrômetros é vista hoje por especialistas como o grande diferencial para quem quer realmente diminuir o consumo de água em condomínios.

Afinal, é um sistema justo: cada condômino paga apenas o que a sua unidade gastou – além dos custos da água utilizada nas áreas comuns. Quando não há individualização, o montante total gasto pelo condomínio é dividido pelo número de unidades, gerando, na maioria das vezes, um valor injusto para quem usa a água com consciência.

Além disso, o condomínio, muitas vezes, acaba arcando com a conta dos inadimplentes, já que é obrigado a pagar o total e dele não é possível descontar a parcela de quem não pagou.

Os condomínios mais modernos já são construídos para que a cobrança aconteça de maneira individual.


Página Anterior Página 8 de 12 Próxima Página