O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Mercado

Acima da inflação

Taxa de condomínio em SP sobe 10% a mais que inflação

Publicado em: quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Condomínio sobe 10% acima da inflação

 
Alta registrada entre 2008 e 2011 reflete aumento de salários dos funcionários e de tarifas como água e luz
 
Os valores mensais dos condomínios pagos por moradores subiram quase 10% acima da inflação nos últimos três anos. Segundo levantamento da Lello Condomínios, o aumento registrado entre abri de 2008 e abril deste ano foi de 29,8%; no período, a inflação foi de 18,7%, pelo IPCA, e de 20,75% pelo IGP-M, índice que regula o preço dos aluguéis. 
 
Um dos motivos para a alta foram os salários dos funcionários, segundo Angélica Arbex, gerente de marketing da Lello Condomínios. "O peso maior, no caso dos condomínios, é a folha de pagamento, que responde por metade do valor das cotas. Com o dissídio anual dos funcionários, houve aumento proporcional dos valores", explica. 
 
Examinar a folha de pagamento pode proporcionar economias aos condomínios, segundo Angélica Arbex. "É importante realizar uma análise criteriosa para identificar eventuais gorduras, como horas extras em demasia, por exemplo", aponta. 
 
O aumento registrado também é reflexo do reajuste de tarifas de serviços como água e luz, além de alguns contratos de manutenção e conservação, lembra Angélica Arbex. Alguns prédios, especialmente em bairros mais nobres, reforçaram a segurança, o que também pode ter causado um impacto nos valores. 
 
O estudo levou em consideração os condomínios considerados "clássicos": formados por um prédio que possua entre 54 e 64 apartamentos, dois elevadores e seis funcionários. Nesse caso, a média do condomínio saltou de R$ 338,75 pagos em abril de 2008 para R$ 439,50, em abril deste ano. 
 
Maior alta na zona norte 
 
O levantamento apontou também que o maior aumento, de 37,3%, foi registrado nos condomínios da zona norte. No período, eles subiram de R$ 252,00 para R$ 346,00. 
 
Na zona oeste, a alta foi de 34,3%; na zona sul, de 30%. O menor aumento, de 19,9%, foi registrado nos condomínios da zona leste.

Fonte: http://www.destakjornal.com.br/readContent.aspx?id=13,96635

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...