O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Mercado

Altíssimo padrão

Conheça os empreendimentos mais luxuosos de São Paulo

Publicado em: quinta-feira, 24 de maio de 2012

 Os apartamentos mais caros de São Paulo

Os edifícios com apartamentos mais caros da capital paulista, segundo site que acompanha preços de imóveis
 
Os apartamentos têm, no mínimo, 500 metros quadrados, quatro suítes e seis vagas na garagem. Os condomínios contam com segurança 24 horas, revestimentos de mármore e granito, e áreas de lazer que incluem piscinas aquecidas, spa, jardins e até quadras de tênis. Os edifícios milionários de São Paulo abrigam famosos, banqueiros e grandes empresários e parecem verdadeiros palácios urbanos, localizados não em bairros isolados, mas em regiões centrais da cidade, perto dos grandes centros financeiros e comerciais.
 
A pedido de Exame.com, o site 123i compilou a lista dos prédios cujas unidades-padrão têm o maior valor de avaliação da capital paulista. Eles se localizam em bairros como Vila Nova Conceição e Jardins, atualmente os mais valorizados de São Paulo. O metro quadrado médio chega a custar 30.000 reais. Foram excluídas do ranking as coberturas, que podem ser exclusivas. O 123i é um banco de dados alimentado por corretoras com as estimativas de preços de imóveis residenciais com mais de dois anos de idade nos 54 bairros mais valorizados de São Paulo. Os valores mínimo e máximo aos quais a reportagem se refere correspondem às diferenças de preços entre apartamentos de andares mais altos e mais baixos, por exemplo.
 

1. L'Essence Vnc

 
O prédio mais caro de São Paulo fica na Vila Nova Conceição, bairro mais valorizado de São Paulo, onde o metro quadrado custa em média 9.758 reais segundo o último índice FipeZap. O L’Essence Vnc - que fica na Rua João Lourenço - ficou pronto há oito anos, e conta com apartamentos de cinco dormitórios e 726 metros quadrados. O valor médio de uma dessas unidades está em 21,1 milhões de reais, quase 30.000 reais por metro quadrado. O preço mínimo encontrado é de 17,9 milhões, e o máximo, de 24,3 milhões. O valor da cobertura de 1.379 metros quadrados e seis dormitórios está em cerca de 40 milhões.
 

2. Maison Madeleine

 
Em segundo lugar vem o edifício Maison Madeleine, localizado na Rua Marcos Lopes , também na Vila Nova Conceição. Pronto há quatro anos, o projeto da incorporadora Zabo conta com apartamentos de 634 metros quadrados e cinco dormitórios, com valor médio de 17,9 milhões de reais e metro quadrado médio de cerca de 28.000 reais. O menor valor encontrado é de 15,2 milhões, e o maior valor é de 20,6 milhões. No mesmo prédio, porém, é possível encontrar apartamentos com metade da metragem de valor médio de 10,4 milhões de reais. A cobertura de 703 metros quadrados está em cerca de 20 milhões de reais.
 

3. Franz Schubert

 
Entregue em 2008, o Residencial Franz Schubert localiza-se na rua homônima, no Jardim Paulistano. O bairro é o segundo mais valorizado de São Paulo, segundo o índice FipeZap, com metro quadrado médio de 8.675 reais. O projeto do Franz Schubert é do arquiteto Pablo Slemenson e foi executado pela Construtora São José, assim como outros dois edifícios da lista, o Fréderic Chopin e o George Sand. Os apartamentos têm 621 metros quadrados e quatro suítes, com direito a oito vagas na garagem. O valor médio de um desses é de 17,6 milhões de reais, sendo o valor máximo 20,3 milhões, e o mínimo, 15 milhões. O metro quadrado médio de um apartamento desses custa cerca de 28.000 reais. A cobertura duplex, também com quatro suítes, mas 16 vagas na garagem, está em 32,2 milhões de reais.
 
Cada apartamento conta com dependências de empregados formadas por duas suítes e uma sala de estar; os cômodos se dividem em hall de entrada, sala de estar e biblioteca integradas por uma varanda, escritório, salas de jantar e de almoço, cozinha, duas despensas, lavanderia e as quatro suítes. Além das várias vagas a que cada condômino tem direito, o edifício conta ainda com 22 vagas para visitantes.
 

4. Parque Alfredo Volpi

 
Clima bucólico e exclusividade são as principais características do Edifício Parque Alfredo Volpi, quarto mais caro da lista. O empreendimento de apenas oito apartamentos fica de frente para o parque homônimo, no bairro Cidade Jardim, na Rua Circular do Bosque. As unidades de 948 metros quadrados custam, em média, 17,4 milhões de reais – por volta de 18.000 reais. Já as unidades de cinco dormitórios e 827 metros quadrados estão avaliadas em 15,1 milhões de reais em média. A cobertura duplex de 1.501 metros quadrados é avaliada em 27,5 milhões de reais. Pronto há três anos, o empreendimento da Cyrela foi projetado pelo arquiteto Itamar Berezin.
 
Com direito a oito vagas na garagem – 16 para a cobertura – cada apartamento traz cômodos como sala de lareira, adega, galeria, quarto de vestir, terraço social e até jardim de inverno. A área de lazer preserva o clima bucólico do entorno, com uma praça central com espelho d’água e uma piscina aquecida descoberta com spa, integrada ao jardim. 
 

5. Edifício George Sand

 
Localizado na Rua Fréderic Chopin, no Jardim Paulistano, o Edifício George Sand leva o nome da escritora que fora amante do compositor e adotava pseudônimo masculino. O projeto executado pela Construtora São José também foi assinado pelo arquiteto Pablo Slemenson, o mesmo do outro projeto desta lista dedicado a um compositor, o Franz Schubert. Os 19 apartamentos de 680 metros quadrados, cinco dormitórios e sete vagas na garagem estão avaliados em 16,9 milhões de reais em média, quase 25.000 reais o metro quadrado. O valor mínimo é de 14,4 milhões, e o máximo, de 19,4 milhões. A cobertura duplex, também com cinco dormitórios, mas 12 vagas na garagem, está avaliada em 33,2 milhões de reais.
 

6. Château Margaux

 
O Edifício Château Margaux fica na Praça Pereira Coutinho, endereço de outros prédios milionários na Vila Nova Conceição. Os apartamentos de quatro quartos e 580 metros quadrados estão avaliados por 16,8 milhões de reais, em média, um metro quadrado de cerca de 29.000 reais. O menor valor de avaliação no edifício é de 14,2 milhões de reais, e o maior, de 19,3 milhões de reais. Em 2010, Athina Onassis vendeu sua cobertura no Château Margaux por nada menos que 35 milhões de reais.
 

7. Villa Europa

 
O sétimo edifício da lista é o Villa Europa, localizado na Rua Tucumã, no Jardim Paulistano. Finalizado há dois anos pela construtora Moraes Sampaio, o empreendimento foi alvo de um embargo judicial em 1999, por não ter respeitado seu projeto inicial. Apenas neste ano caíram todos os impedimentos legais e a ocupação do edifício foi oficialmente liberada. Os apartamentos de 675 metros quadrados e cinco dormitórios estão avaliados em 16,8 milhões, em média, ou cerca de 25.000 reais o metro quadrado. O valor mínimo encontrado é de 14,2 milhões de reais, e o valor máximo de avaliação é de 19,3 milhões de reais.
 

8. Edifício Frédéric Chopin

 
O Edifício Frédéric Chopin, localizado na rua homônima do Jardim Paulistano, é o terceiro projeto do arquiteto Pablo Slemenson, realizado pela Construtora São José, que figura na lista dos mais caros. Entregue há nove anos, o prédio conta com 15 apartamentos de 585 metros quadrados, quatro suítes e seis vagas na garagem, avaliados atualmente em 16,6 milhões de reais, em média. Isso seria o mesmo que cerca de 25.000 reais por metro quadrado. Os valores mínimo e máximo de avaliação estão em 14,1 milhões e 19,1 milhões de reais, respectivamente. A cobertura de 1.180 metros quadrados, quatro suítes e 12 vagas na garagem está avaliada em 33,6 milhões de reais.
 
Os apartamentos contam com hall de entrada, sala de estar, biblioteca ligada à sala de jantar por uma varanda, escritório, sala de almoço, cozinha, duas despensas, lavanderia, e dependências de empregada formadas por dois quartos e um banheiro. 
 

9. L'Essence Jardins

 
O edifício de 35 andares em estilo neoclássico localizado na Rua Haddock Lobo, no Jardim América, conta com apartamentos de 734 metros quadrados, cinco suítes, um amplo living ligado a um terraço de mármore e oito vagas na garagem. O preço médio dessas unidades está em 16,5 milhões de reais, cerca de 22.500 reais por metro quadrado. O menor valor de avaliação é de 14 milhões de reais, e o maior, de 19 milhões de reais. Uma cobertura no L’Essence que fica no coração dos Jardins tem 1.098 metros quadrados, cinco suítes e um valor avaliado em 24,7 milhões de reais. A área de lazer do condomínio inclui uma quadra de tênis oficial e uma quadra de squash.
 

10. Clemont Ferrant

 
O décimo prédio da lista é vizinho do Château Margaux na Praça Pereira Coutinho, na Vila Nova Conceição. Entregue já há 18 anos – bem mais que os demais empreendimentos desta lista – o Clemont Ferrant manteve seu alto valor com o passar do tempo e tem hoje apartamentos de quatro suítes e 654 metros quadrados avaliados a uma média de 16,4 milhões de reais. Isso equivale a um metro quadrado médio de cerca de 25.000 reais. O apartamento com menor valor de avaliação está em 13,9 milhões de reais, e aquele com maior valor de avaliação está em 18,8 milhões de reais. Uma cobertura de 1.288 metros quadrados no Clemont Ferrant está em 32,3 milhões de reais.
 
 
Os apartamentos se assemelham aos do Franz Schubert: dependências de empregados formadas por duas suítes e uma sala de estar, hall de entrada, sala de estar e biblioteca integradas por uma varanda, escritório, salas de jantar e de almoço, cozinha, duas despensas, lavanderia, além das cinco suítes. No estacionamento, 15 vagas são destinadas a visitantes.

Fonte: http://exame.abril.com.br

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...