O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Jurídico

Assassinato de gatos

Felinos são envenenados em condomínio

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Morador denuncia descaso em apuração de mortes em série de gatos em condomínio

Ele afirma que matança não cessou, mesmo após situação vir a público  

Um morador do Condomínio Jardim Tropical, localizado no bairro Cidade Universitária, em Maceió, entrou em contato com a reportagem para denunciar o que enquadrou como descaso do poder público em apurar um assassinato em série de cerca de cinquenta gatos no residencial onde mora.

As mortes foram registradas nos últimos três meses. Os animais estariam sendo mortos por envenenamento.

A denúncia foi feita através de reportagem da Gazetaweb no final do mês de novembro. De acordo com Jerry Wendel dos Santos, de 42 anos, ele procurou o Ministério Público Federal (MPF) no último dia 30 de agosto, mas foi informado que o caso era de responsabilidade do Ministério Público Estadual (MPE).

Na ocasião, um inquérito foi aberto e, após avaliação do MPF, foi encaminhado ao MPE no dia 19 de novembro, para ser avaliado e, após isso, ser dado algum parecer.

Certo de que teria algum posicionamento por parte do órgão, Jerry disse que se dirigiu até o prédio do MPE na tarde dessa terça, mas, ao chegar lá, foi informado que o documento não constava no sistema e que, com isso, agora ele terá que recomeçar todo o processo de instauração do inquérito, devendo se dirigir novamente ao prédio do MPF para a confecção de uma nova denúncia.

"Toda essa burocratização é absurda. Depois de tudo o que fiz e de todas as viagens que dei, fui informado hoje que não consta nada no sistema. Enquanto isso, nada é feito e os animais continuam morrendo. Isso é um absurdo!", desabafou.

Jerry denunciou que, até agora, apenas grupos de defesa dos animais têm se mobilizado para tentar resolver a situação, o que não tem sido suficiente para descobrir e punir os responsáveis pela matança. 

Segundo ele, desde a denúncia, já foram mortos cerca de cinco gatos. O último, uma gata recém-parida, foi envenenada na segunda-feira (11) próximo à sua residência. Ela havia tido filhotes há cinco dias e estava amamentando.

Por meio da assessoria de comunicação, o Ministério Público Estadual disse que recebeu por e-mail a denúncia do MPF e que o setor de distribuição a enviou para a 49ª Promotoria de Justiça da Capital, que, por sua vez, informou que encaminhou a denúncia à Delegacia Geral de Polícia Civil, para que fosse aberto um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), por ser um crime de menor potencial ofensivo.

A investigação deverá ser conduzida por alguma delegacia da capital. 

A reportagem não conseguiu contato com a Polícia Civil para saber qual a delegacia que conduzirá as investigações.

Fonte: http://gazetaweb.globo.com/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...